NewsMen's Ericeira World Junior Championships

Dois brasileiros passam pela repescagem no Mundial Junior da WSL

Highlights: Round 2 Masculino
2:03
Brasileiros avançam na repescagem e seguem na briga.

Leer en Español

O paulista Deivid Silva e o carioca Lucas Silveira passaram pela repescagem do Ericeira World Junior Championships nas ondas de 3-4 pés da sexta-feira na Praia dos Pescadores, em Ericeira, Portugal. Mas, a equipe sul-americana da WSL South America sofreu três baixas, com o brasileiro Victor Bernardo e os peruanos Juninho Urcia e Alonso Correa sendo eliminados em 33.o lugar na competição que define os últimos campeões mundiais de 2015 da World Surf League. Além de Deivid e Lucas, o Brasil tem Yago Dora e Alcides Lopes também na terceira fase, que já tinham passado direto por terem estreado com vitórias em Portugal. E outro catarinense, Luan Wood, ainda pode avançar porque sua bateria da repescagem ficou para o sábado em Portugal.

Na sexta-feira foram realizadas dez das dezesseis baterias da primeira rodada eliminatória do Ericeira World Junior Championships e o dia começou com vitória brasileira do atual bicampeão sul-americano Pro Junior da WSL South America. Não entraram muitas ondas boas na bateria, mas Deivid Silva conseguiu achar uma que abriu a parede para ele conseguir uma nota 7,67 que praticamente definiu a vitória por 13,17 a 9,23 pontos sobre o japonês Yuji Mori. No ano passado, Deivid foi até as semifinais do Mundial Pro Junior da World Surf League em Portugal e é forte candidato a aumentar para sete o recorde de títulos brasileiros na categoria para surfistas com até 20 anos de idade.

Lucas Silveira (BRA) .Ericeira Junior 2016 Lucas Silveira (BRA) rasga forte. WSL / Laurent Masurel

No segundo duelo do dia, o peruano Juninho Urcia surfou bem uma onda que valeu 7,33 para somar com o 6,50 da anterior e totalizar 13,83 pontos. Só que o costa-ricense Noe Mar McGonagle também tinha um 6,50 e acabou garantindo o primeiro lugar com a nota 7,53 que recebeu em sua última onda para atingir 14,03 pontos. Duas baterias depois, o carioca Lucas Silveira não deu qualquer chance para o sul-africano Adin Masencamp e, com notas 8,00 e 7,53, confirmou a segunda e última classificação sul-americana para a terceira fase na sexta-feira por 15,53 a 10,00 pontos. Lucas achou até uma direita boa na Praia dos Pescadores, onde as esquerdas são melhores.

"Antes de remar lá pra fora, eu só via esquerdas entrando, mas quando essa direita rolou, parecia ser boa, então pensei que seria algo diferente para os juízes analisarem", disse Lucas Silveira. "Na primeira fase, eu perdi com a maior nota da bateria, porque não consegui encontrar outra onda boa. Então, dessa vez, eu tentei surfar várias ondas logo no início e funcionou. Estou feliz pela vitória e pela classificação para a terceira fase".

Juninho Urcia (PER) .Ericeira Junior 2016 Juninho Urcia (PER) ficou na 33ª posição. WSL / Laurent Masurel

Na disputa seguinte, a África do Sul deu o troco com Shane Sykes aumentando o maior placar do dia para 16,60 pontos com notas 8,60 e 8,00 para derrotar o paulista Victor Bernardo, que só conseguiu somar 11,50 pontos nas duas melhores ondas que surfou na Praia dos Pescadores. Os recordes do sul-africano só foram superados no último confronto do dia pelo taitiano Mihimana Braye, que fechou a bateria com a maior nota do Ericeira World Junior Championships, 9,93. Três dos cinco juízes deram nota 10. Seu adversário era o peruano Alonso Correa, que também surfou boas ondas para tirar 7,93 e 6,83, só que o taitiano já havia começado bem com nota 8,0 e venceu por 17,93 a 14,76 pontos.

Alonso Correa, o também peruano Juninho Urcia e o brasileiro Victor Bernardo, terminaram então em 33.o lugar no campeonato sem vencer nenhuma bateria em Ericeira. Mas, o Brasil ainda tem mais um surfista com chance de passar pela repescagem, o catarinense Luan Wood, que está escalado na 15.a e penúltima bateria com o japonês Reo Inaba. Os quatro brasileiros já classificados para a terceira fase, Deivid Silva, Lucas Silveira, Yago Dora e Alcides Lopes, aguardam o encerramento desta segunda rodada para saber quem serão seus próximos adversários em Portugal.

Harry Bryant (AUS) Ericeira World Junior 2016
WSL / Poullenot/Aquashot
1 of 3
Harry Bryant (AUS) Ericeira World Junior 2016
WSL / Poullenot/Aquashot
1 of 3
×
×
World Surf League
Official App
Free – Google Play
Get it