Praia do Forte Pro

Oi apresenta QS 1500 Praia do Forte Pro já ultrapassa 110 inscritos

WSL South America

Mais de 110 surfistas já estão confirmados para participar da estreia do Oi apresenta QS 1500 Praia do Forte Pro no município de Mata de São João, no litoral norte da Bahia. O evento será disputado na bancada de corais conhecida como Papagente na paradisíaca Praia do Forte, entre os dias 26 de abril e 1.o de maio, valendo 1.500 pontos para o ranking mundial do WSL Qualifying Series e 1.000 pontos para o sul-americano da WSL South America. Até a quinta-feira, dia 21, a lista de participantes tinha 93 surfistas na categoria masculina e 26 na feminina, mas as inscrições continuam abertas no sistema online do www.wslsouthamerica.com

Um forte candidato ao título é o soteropolitano Bino Lopes, que mora na Praia do Forte e conhece bem as ondas do Papagente. Campeão brasileiro no ano passado, ele foi o único baiano a vencer uma etapa do Circuito Mundial no seu estado, em 2011 na Praia de Jaguaribe, em Salvador. Em 2015, Bino também conquistou uma vitória internacional do WSL Qualifying Series em Anglet, na França, mas não conseguiu a tão sonhada vaga na divisão de elite da World Surf League.

Bino Lopes Bino Lopes (BRA) - WSL

No entanto, apesar de estar "em casa", Bino Lopes nega qualquer favoritismo na competição. "Conheço bem tudo por aqui, mas não existe vantagem alguma. Todas as etapas do QS são muito niveladas e sabemos da qualidade de cada atleta que vem para a Bahia. Certeza mesmo de que quem vai se dar bem é o espectador. Eu vou dar o meu melhor e sei que meus concorrentes farão o mesmo", disse Bino Lopes.

O baiano também comentou sobre a vitória no QS 1500 Anglet Pro da França e o título de campeão brasileiro conquistado no ano passado. "Realmente, o ano passado foi de boas conquistas para mim. E estou me preparando ao máximo a parte técnica, física e psicológica, para que esse ano seja ainda melhor", pontuou.

Essa caminhada rumo ao maior momento na carreira terá mais um capítulo no QS 1500 Praia do Forte Pro. O surfista de 28 anos não esconde que não vê a hora de voltar a competir em águas baianas. "Estar no mar e sentir a energia da galera na areia vai ser especial. Quero muito fazer bonito para a minha família, meus amigos e todos os baianos e brasileiros que estarão na torcida".

Lucas Silveira (BRA) at the 2015 Hawaiian Pro. Lucas Silveira (BRA) - WSL / Laurent Masurel

Outros grandes nomes do surfe brasileiro estarão no Praia do Forte Pro, como o top do CT, Miguel Pupo, que vai prestigiar a estreia do evento na Bahia, antes de defender o país no Oi Rio Pro, a etapa brasileira da World Surf League, que começa em 10 de maio no Rio de Janeiro. Além dele, também estão inscritos o atual campeão mundial Pro Junior, Lucas Silveira, e outros campeões brasileiros como Bino Lopes, os paulistas Renato Galvão e David do Carmo, o catarinense Jean da Silva e o cearense Messias Felix.

Entre as meninas já confirmadas no Oi apresenta Praia do Forte Pro, os grandes destaques são duas campeãs mundiais do WSL Qualifying Series, a cearense Silvana Lima e a catarinense Jacqueline Silva. Ambas também já conquistaram o título sul-americano da WSL South America e Silvana fez parte da elite mundial do CT até o ano passado. A cearense também venceu a única etapa do Circuito Mundial realizada na Praia do Forte em 2008, junto com o atual campeão mundial Adriano de Souza na categoria masculina.

Miguel Pupo (BRA). Azores 2015 Miguel Pupo (BRA) - WSL / Laurent Masurel

ATRAÇÕES EXTRAS - Além das batalhas na água, o evento terá diversas atrações ao longo da semana. Estão previstos shows na sexta-feira (29/4) e no sábado (30/4), no Projeto Tamar da Praia do Forte. Os projetos sociais da região também serão apoiados, a exemplo do Onda Verde, baseado na vila do Diogo, e do grupo de capoeira Esporão, do professor Kiko Macaco, um dos primeiros nativos a surfar na Praia do Forte.

Um coquetel de boas-vindas será promovido no Tivoli Eco Resort Praia do Forte, reunindo atletas, convidados e imprensa.

A Oi apresenta o Praia do Forte Pro junto com o Governo do Estado da Bahia, por meio da SETRE (Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte - Programa Faz Atleta), que ainda conta com o patrocínio da Billabong, Tivoli Eco Resort Praia do Forte, Skol Ultra e Prefeitura de Mata de São João, além do apoio da ZooM Comunicação, Gocil e Turisforte.