Copa El Salvador Impresionante 

Silvana Lima também chega nas semifinais no QS 6000 de El Salvador

WSL South America

Alessa Quizon (HAW) continued her incredible form and won her Round Four heat with a 15.10, two-wave total. Alessa Quizon - WSL / Kurt Steinmetz

Usando os áereos como arma para aumentar suas notas, ela chegou nas semifinais das duas etapas seguidas do QS 6000 e já é a quarta na lista das seis que se classificam pelo WSL Qualifying Series. No domingo (19), a havaiana Alessa Quizon fez os recordes da Copa El Salvador Impresionante para barrar a brasileira, mas a campeã nas ondas de Punta Roca foi a australiana Keely Andrew. As duas finalistas entraram no G-6 em El Salvador, tirando a equatoriana Dominic Barona da lista. A penúltima etapa com status máximo QS 6000 para as meninas é o Supergirl Pro nos Estados Unidos, de 20 a 24 de julho em Oceanside, na Califórnia.

Assim como na semana passada no México, duas sul-americanas competiram no domingo decisivo da Copa El Salvador Impresionante. No Los Cabos Open of Surf, a outra foi a única representante do Equador no Circuito Mundial. Dominic Barona ganhou a semifinal sul-americana com Silvana Lima e foi vice-campeã nas ondas de Zippers Beach, perdendo a final em San Jose del Cabo para a australiana Bronte Macaulay. Em El Salvador, foi a peruana Anali Gomez que fez grandes apresentações em sua estreia na temporada 2016 da World Surf League.

Anali Gomez (PER) is into the Quarterfinals after eliminating defending champion Sage Erickson (USA) Anali Gomez - WSL / Kurt Steinmetz

Para chegar no domingo, Anali Gomez eliminou a defensora do título da Copa El Salvador Impresionante nas oitavas de final, a americana top da elite mundial, Sage Erickson. Na fase anterior, Anali barrou a também peruana Sofia Mulanovich na disputa pela segunda vaga na bateria vencida pela nova líder do ranking, Bronte Macaulay. As duas voltaram a se enfrentar nas quartas de final e a australiana ganhou de novo, deixando Anali Gomez em quinto lugar no QS 6000 de El Salvador, que valeu 2.650 pontos e a 43.a posição no ranking do WSL Qualifying Series.

A brasileira Silvana Lima entrou no confronto seguinte. Pela manhã, as ondas ainda estavam mais constantes e com boa formação, mas depois entrou um vento forte que afetou a condição do mar, com poucas séries entrando nas baterias decisivas. Nas quartas de final que abriram o domingo, todas as competidoras tiveram suas chances. A experiente Silvana Lima aproveitou muito bem as oportunidades que teve no início da sua bateria, surfando duas boas ondas seguidas para receber notas na casa dos 7 pontos. Depois não surfou mais nada. A havaiana Malia Manuel ainda conseguiu a maior nota - 8,57 - que quase tira a vitória da cearense, mas o placar mais apertado do último dia terminou em 15,17 a 14,57 pontos.

Malia Manuel (HAW) continues to find excellent rides and earned a 9.00 in her Round Four heat before posting a 17.83 heat total in Round Five. Malia Manuel - WSL / Kurt Steinmetz

Nas semifinais, Silvana enfrentou outra havaiana da elite atual e dessa vez foi Alessa Quizon quem surfou as melhores ondas da bateria. Ela fez os recordes da Copa El Salvador Impresionante para ganhar de Silvana Lima, nota 9,73 na melhor onda da semana surfada em Punta Roca e 18,33 pontos de 20 possíveis. O máximo que a brasileira conseguiu foi 9,46 nas duas notas computadas, mas o segundo terceiro lugar consecutivo rendeu mais 3.550 pontos para assumir o quinto lugar no WSL Qualifying Series com 10.350 pontos, quase 3.000 de vantagem sobre a sexta colocada.

No domingo em La Libertad, as duas finalistas entraram na zona de classificação para o CT do ano que vem. Ambas fazem parte da elite atual, mas no momento estão fora do grupo das dez primeiras que são mantidas entre as top-17, então buscam garantir suas permanências pelo ranking de acesso. Com os 6.000 pontos da vitória, Keely Andrew saltou da 13.a para a quarta posição, uma acima de Silvana Lima. E os 4.500 pontos do vice-campeonato de Alessa Quizon levaram a havaiana do 31.o para o sétimo lugar, com os mesmos 7.400 pontos da francesa Justine Dupont e da equatoriana Dominic Barona, que estava em quinto no ranking.

After a phenomenal performance in Round 2, Dominic Barona (ECU) fell short of making it into Round 4 -- needing a 7.94. Dominic Barona - WSL / Kurt Steinmetz

Duas tops da elite que estão no G-10 do CT e dispensam a vaga do QS estão na frente delas, as havaianas Malia Manuel em terceiro e Tatiana Weston-Webb em sexto. Por isso, a lista das seis que se classificam está indo até a oitava colocada, no entanto são três dividindo o sétimo lugar. Utilizando o posicionamento no ranking 2015 da World Surf League como critério de desempate, Alessa Quizon e Justine Dupont então estão fechando o G-6 do QS, mas a equatoriana Dominic Barona está na briga direta por vaga principalmente nas duas últimas etapas do QS 6000, em julho nos Estados Unidos e no início de setembro em Pantin, na Espanha.

QUATORZE SUL-AMERICANAS - As duas provas seguidas do QS 6000 que aconteceram nas últimas semanas registraram uma boa participação de surfistas da América do Sul. Comandadas pelas ex-tops do CT, Silvana Lima, única competidora a chegar nas semifinais no México e em El Salvador, e a igualmente experiente campeã mundial Sofia Mulanovich, as sul-americanas formaram um pelotão de quatorze surfistas divididas nas três rodadas de doze baterias da Copa El Salvador Impresionante.

Tatiana Weston-Webb (HAW) put on a great performance throughout this event, but met her match against fellow goofy-footer Bronte Macaulay (AUS). Tatiana Weston-Webb - WSL / Kurt Steinmetz

A única na lista das principais 24 cabeças de chave que só entraram na terceira fase era Silvana Lima, que estreou com vitória num confronto com participação tripla da América do Sul. A cearense voltou a encontrar com a paranaense Nathalie Martins, com quem fez final no QS 1500 Praia do Forte Pro na Bahia. Mas, a australiana Philippa Anderson impediu uma dobradinha brasileira e Nathalie foi eliminada junto com a chilena Lorena Fica. As duas já tinham passado duas baterias por terem entrado na primeira fase junto com outras nove sul-americanas. Eram tantas que três confrontos tiveram duas delas disputando classificação.

A peruana Leilani Aguirre se classificou em segundo eliminando a brasileira Monik Santos, enquanto Nathalie Martins completou uma dobradinha sul-americana na vitória da chilena Lorena Fica. Já a peruana Melanie Giunta perdeu junto com a argentina Josefina Ane. A única peruana que começou vencendo foi a campeã mundial de 2004, Sofia Mulanovich. A lista das onze tinha três peruanas, duas chilenas, duas brasileiras e quatro argentinas que não passaram das suas primeiras apresentações em El Salvador. Josefina Ane, Lucia Cosoleto e Lucia Indurain ficaram em terceiro nas suas baterias e Evely Gontier em último na dela.

Silvana Lima (BRA) is poised for back-to-back results after earning a Semifinal in Los Cabos and finds herself in the Quarterfinals here at Punta Roca. Silvana Lima - WSL / Kurt Steinmetz

Na segunda fase, entraram mais duas sul-americanas, a peruana Anali Gomez estreando na temporada 2016 da World Surf League e a equatoriana Dominic Barona, vice-campeã do QS 6000 do México no domingo passado em San Jose del Cabo. Ambas venceram suas baterias e na da Anali outra peruana acabou eliminada, Leilani Aguirre. Sofia Mulanovich e a brasileira Nathalie Martins também ganharam as suas e Lorena Fica avançou em segundo para a rodada das principais cabeças de chave da Copa El Salvador Impresionante.

Foi aí que Silvana Lima viu sua bateria ser completada por duas sul-americanas, Nathalie Martins e Lorena Fica, que acabaram eliminadas pela cearense e pela australiana Philippa Anderson. As peruanas também avançaram para a fase das 24 melhores em segundo lugar nas suas baterias, vencidas por duas tops da elite atual do CT. Sofia Mulanovich passou junto com havaiana Tatiana Weston-Webb e Anali Gomez com a defensora do título em El Salvador, Sage Erickson, dos Estados Unidos. Já a equatoriana Dominic Barona foi barrada pela havaiana Malia Manuel e a australiana Ellie Brooks, ficando em 25.o lugar como Nathalie Martins.

×
World Surf League
Official App
Free – Google Play
Get it