NewsJ-Bay Open

John John Florence vence única quarta de final do domingo em J-Bay

2016 J-Bay Open: Quartas de final 01
8:47
John John Florence vence Jordy Smith em uma bateria apertada.

O domingo amanheceu bonito em Jeffreys Bay, com Sol, céu azul e boas ondas em Supertubes para fechar o J-Bay Open na África do Sul. Mas, as quartas de final começaram e as ondas sumiram. A primeira bateria chegou a ser reiniciada depois de 15 minutos sem entrar nada de ondas e os longos intervalos entre as séries prosseguiram até o fim. Mas, o havaiano John John Florence achou uma boa para vencer por 10,70 a 10,50 pontos o sul-africano Jordy Smith. As condições estavam tão ruins que o campeonato foi cancelado após essa bateria e uma nova chamada para a segunda quarta de final, entre Kelly Slater e Josh Kerr, marcada para as 7h00 da segunda-feira em Jeffreys Bay, 2h00 da madrugada no fuso horário de Brasília.

Realmente estava difícil para competir na condição do mar do domingo. Jordy Smith ficou mais de 30 minutos na água congelante de Jeffreys Bay para surfar a sua primeira onda, que foi a melhor da bateria até ali, pois valeu nota 6,33 contra 3,33 das duas já computadas pelo havaiano. John John pegou outra onda ruim, mas de tanto insistir achou uma para fazer mais manobras, acertar um aéreo e receber 7,33 dos juízes. No final, a briga pela vitória pegou fogo. John John ainda surfou outra para trocar o 2,83 da sua segunda nota por 3,37 que garantiu a pequena vantagem de 10,70 a 10,50 pontos. O sul-africano quase consegue a virada na última onda, mas ganhou nota 4,17 e precisava de 4,38.

John John Florence winning Quarter Final One. John John Florence WSL / Kelly Cestari

Com a passagem para as semifinais, John John volta a superar a pontuação de Gabriel Medina no Jeep WSL Ranking. O campeão mundial precisa passar pelo australiano Julian Wilson para permanecer em segundo lugar e a briga entre os dois por esta posição é fase a fase. Ela pode até ser decidida numa final do J-Bay Open entre eles. Além disso, se aproximam cada vez mais do australiano Matt Wilkinson, prometendo uma grande batalha pela lycra amarela do Jeep WSL Leader na próxima etapa, o Billabong Pro Teahupoo nos dias 19 a 30 de agosto no Taiti.

Para Jordy Smith, a vitória no J-Bay Open valeria a entrada no seleto grupo dos top-5 do ranking. Ele ultrapassaria até o atual campeão mundial Adriano de Souza, que agora não perde mais a quarta posição com qualquer resultado no último dia. Já o quinto lugar do potiguar Italo Ferreira é ameaçado por três surfistas, mas só se eles vencerem o campeonato. Filipe Toledo é um deles e os outros são os finalistas do ano passado, Mick Fanning e Julian Wilson, adversário de Gabriel Medina na terceira quarta de final. Na seguinte, Filipe disputa a última vaga para as semifinais com o tricampeão mundial Mick Fanning.

Jordy Smith was eliminated in Quarterfinal 1. Jordy Smith WSL / Kelly Cestari

O J-Bay Open tem prazo até o próximo domingo para ser encerrado e a primeira chamada da segunda-feira foi marcada para as 7h00 na África do Sul, 2h00 da madrugada pelo fuso de Brasília. O último dia do sexto desafio do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour será transmitido ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e divulgação dos parceiros de mídia da World Surf League, Fox Sports da Austrália, CBS Sports dos Estados Unidos, ESPN, Globosat e Sportv do Brasil, Edgesport, Sky NZ, Canal + Deportes, Channel Nine, MCS, Starhub e Oceanic Time Warner Cable 250 & 1250 no Havaí.

×
World Surf League
Official App
Free – Google Play
Get it