Azores Airlines Pro

Cinco brasileiros e um argentino nas oitavas do QS 6000 de Portugal

WSL South America

Highlights: Dia 3 nos Açores
The Azores Airlines Pro pres. by Sumol resumes and completes another two rounds of the men's competition to leave only 16 hopefuls in contention.

Os brasileiros continuam brilhando no QS 6000 Azores Airlines Pro e são maioria nas oitavas de final, com cinco passando pelas duas rodadas disputadas na quinta-feira em Portugal. Ian Gouveia foi o primeiro a se classificar, depois tiveram duas dobradinhas verde-amarelas, uma com os jovens Samuel Pupo e Yago Dora e outra com Willian Cardoso e o atual campeão mundial Pro Junior da World Surf League, Lucas Silveira. O argentino Santiago Muniz também avançou no penúltimo confronto do dia, superando o brasileiro Tomas Hermes na disputa vencida pelo líder do ranking do WSL Qualifying Series, o italiano Leonardo Fioravanti.

Ian Gouveia (BRA) .Acores16 Ian Gouveia - WSL / Laurent Masurel

Tomas Hermes defendia a última vaga no grupo dos dez surfistas que são indicados para a elite dos top-34 da World Surf League e o catarinense agora tem sua posição ameaçada por vários surfistas, inclusive pelo próprio Santiago Muniz e pelo pernambucano Ian Gouveia. No entanto, os que estão mais próximos de tirar o brasileiro da zona de classificação para o CT são o norte-americano Patrick Gudauskas e o australiano Mitch Crews. O californiano vai enfrentar o catarinense Yago Dora na primeira oitava de final e Mitch Crews faz um duelo australiano com Mitch Coleborn na quarta bateria.

Na segunda, também terá um confronto brasileiro, de Ian Gouveia com Samuel Pupo, a grande surpresa por ser o mais jovem entre os dezesseis finalistas do QS 6000 Azores Airlines Pro. Já o experiente Willian Cardoso, que despachou o número 4 do ranking, Joan Duru, da França, na dobradinha brasileira com Lucas Silveira, vai agora encarar o líder Leonardo Fioravanti na penúltima batalha por vagas nas quartas de final. A última será disputada pelo argentino Santiago Muniz e pelo carioca Lucas Silveira.

Santiago Muniz (ARG) .Acores16 Santiago Muniz - WSL / Laurent Masurel

Os dois já passaram uma bateria juntos na quinta-feira, contra outro surfista da América do Sul que mora em Santa Catarina, o uruguaio Marco Giorgi, e o espanhol Aritz Aranburu. Outra participação tripla de sul-americanos aconteceu para três brasileiros também nessa terceira fase e dois acabaram eliminados pelo francês Diego Mignot. O paulista Hizunomê Bettero venceu a bateria, mas o pernambucano Luel Felipe e o paulista Deivid Silva, sétimo colocado no ranking, saíram da briga pelos 6.000 pontos da vitória nas Ilhas Açores.

×
World Surf League
Official App
Free – Google Play
Get it