NewsMaui & Sons Pichilemu Women's Pro

Maui and Sons Pichilemu Pro decide título sul-americano no Chile

Highlights: Maui and Sons Pichilemu Woman's Pro - Day 2
1:54
Saturday's battles at the Maui and Sons Pichilemu Woman's Pro featured some incredible performances as conditions improved.

O vento mudou de norte para sul no sábado e as ondas melhoraram em Punta de Lobos para a estreia das principais estrelas do QS 1500 Maui and Sons Pichilemu Woman´s Pro no Chile. No entanto, a condição do mar continuou difícil para as competidoras, com séries pequenas de 2-3 pés e muito perigosas, quebrando em cima das pedras. A brasileira Nathalie Martins já assumiu a ponta do ranking sul-americano da WSL South America, mas sua bateria chegou a ser interrompida pela presença de tubarões na área do campeonato. Elas foram chamadas pela locução para sair do mar e depois voltaram quando o jet-ski espantou os predadores.

Nathalie Martins - BRA - Maui and Sons Pichilemu Woman´s Pro Nathalie Martins WSL / Luis Barra

A paranaense Nathalie Martins competiu na quinta bateria do dia e foi rápida em pegar duas ondas boas no início, antes dos tubarões aparecerem. Com as notas 5,50 e 4,00 recebidas nelas, derrotou três surfistas do Chile. Na briga pela segunda vaga para a terceira fase, Adela Recordon superou por pouco a organizadora do Maui and Sons Pichilemu Pro, Trinidad Segura, por 5,70 a 5,60. Já Luna Vergara terminou em último com zero ponto, pois foi penalizada com a marcação de duas interferências.

"Eu estava remando e ouvi o locutor dizer para a gente sair da água, mas não dizia o porquê", contou Nathalie Martins. "Aí ele continuou falando para as meninas que estavam pegando ondas ao lado também saírem do mar, então comecei a remar para sair quando ele gritou: tubarões na água, tubarões na água. Eu até pensei que a bateria não ia voltar, mas voltamos e deu tudo certo. Ainda bem que peguei algumas ondas no início pra vencer, porque fiquei meio assustada".

Lucia Indurain - ARG - Maui and Sons Pichilemu Woman´s Pro Lucia Indurain WSL / Luis Barra

Nathalie também comentou sobre a disputa do título sul-americano, que será decidido neste domingo no Chile: "Eu não estou segura se os pontos que fiz agora são suficientes para garantir o título. Mas, fiquei mais perto, porque minha amiga (Yanca Costa) que estava brigando comigo perdeu na sua bateria e eu não sei, vou ter de fazer umas contas para ver se a Lorena (Fica) ainda tem possibilidade de me ganhar. Eu estava em segundo no ranking, sei que já passei a Silvana Lima, mas acho que o título ainda não está garantido, vou ver direitinho".

As surfistas que passaram para a terceira fase, já vão disputar classificação para as quartas de final na primeira rodada do domingo decisivo do QS 1500 Maui and Sons Pichilemu Woman´s Pro. Nathalie já tirou a liderança do ranking sul-americano da cearense Silvana Lima, mas a chilena Lorena Fica e a argentina Lucia Indurain ainda podem ultrapassá-la no último dia. As duas vão competir antes da brasileira, que está na terceira bateria com a argentina Josefina Ane, a norte-americana Nicole Fulford e a chilena Josefina Vidueira.

Lorena Fica - CHL - Maui and Sons Pichilemu Woman´s Pro Lorena Fica WSL / Johannes Bock

A bicampeã chilena, Lorena Fica, terá uma parada dura no primeiro confronto do domingo, contra as duas sul-americanas mais bem colocadas no ranking do WSL Qualifying Series, a equatoriana Dominic Barona em 13.o lugar e a peruana Anali Gomez em 26.o. A argentina Catalina Mercere completa esta bateria que abre a terceira fase. E Lucia Indurain está na segunda com a peruana que é a atual campeã sul-americana, Sophia Mulanovich, a norte-americana Bethany Zelasko e a chilena Pomare Dreisziger.

MELHOR ONDA - Semifinalista no Chile no ano passado, Anali Gomez surfou a melhor onda do dia na primeira bateria do sábado em Pichilemu. E ela precisava disso, pois cometeu uma interferência na brasileira Julia Camargo e como penalidade só computaria uma nota, contra duas das outras. Mas, "La Negra" conseguiu achar uma boa onda para mostrar a potência das suas manobras de frontside e arrancar nota 9,10 dos juízes. Com ela, superou os 8,40 pontos de Pomare Dreisziger e os 6,90 de Julia Camargo. A chilena Natalia Escobar, destaque da sexta-feira, desta vez não surfou nada, só foi em uma onda e terminou em último com 0,95 ponto.

Anali Gomez - PER - Maui and Sons Pichilemu Woman´s Pro Anali Gomez WSL / Luis Barra

"Estou muito contente por poder regressar ao Chile e agradeço a Trini (Trinidad Segura) por fazer esse campeonato espetacular nessas ondas incríveis", disse Anali Gomez. "A condição do mar está um pouco difícil, as ondas estão pequenas e esperamos que amanhã subam um pouco para que a gente possa mostrar um surfe mais bonito para todo esse público que vem aqui em Pichilemu assistir a gente competir".

Na disputa seguinte, a equatoriana Dominic Barona também confirmou o favoritismo, surfando duas boas ondas na casa dos 6 pontos para ganhar uma disputa acirrada com a norte-americana Bethany Zelasko por 12,30 a 11,75. A argentina Lucia Cosoleto e a chilena Beatriz Mella não acompanharam o forte ritmo das duas e foram eliminadas em suas estreias no QS 1500 Maui and Sons Pichilemu Woman´s Pro.

Bethany Zelasko - USA - Maui and Sons Pichilemu Woman´s Pro Bethany Zelasko WSL / Max Petit

"As condições estão bem diferentes de ontem (sexta-feira), pois as ondas estavam muito menores do que hoje e estou feliz por estar conseguindo passar as baterias", disse Dominic Barona. "Eu entrei, me diverti, a prancha está boa, desta vez conseguir surfar mais ondas e a surfista dos Estados Unidos (Bethany Zelasko) também surfou superbem. Eu vi a onda incrível da Anali (Gomez) antes da minha bateria e isso me motivou ainda mais para entrar no mar e também buscar uma onda boa como a dela".

TÍTULO SUL-AMERICANO - No terceiro confronto do dia, duas concorrentes ao título sul-americano da WSL South America se classificaram. A atual campeã argentina, Lucia Indurain, fez o maior placar do dia, 12,95 pontos com notas 6,60 e 6,35. E a bicampeã chilena, Lorena Fica, passou em segundo com 9,25. As duas são as únicas que ainda podem superar a nova líder do ranking, Nathalie Martins, mas precisam vencer o campeonato no domingo. Já a brasileira garante o título de melhor surfista da América do Sul em 2016 se chegar nas semifinais, ou até antes, caso Lorena Fica e Lucia Indurain já tiverem perdido.

Trinidad Segura - CHL - Maui and Sons Pichilemu Woman´s Pro Trinidad Segura WSL / Luis Barra

A principal concorrente de Nathalie Martins na briga pelo título sul-americano não era nem a chilena e nem a argentina, mas a também brasileira Yanca Costa. Só que a cearense não conseguiu pegar boas ondas e ficou em último na sua bateria, vencida pela atual campeã da WSL South America, Sofia Mulanovich. A experiente campeã mundial da World Surf League em 2004, só surfou uma onda regular que valeu nota 5,0, mas foi suficiente para vencer por 8,75 pontos, com a argentina Catalina Mercere passando em segundo com 7,75. No ano passado, Mulanovich foi vice-campeã na final do QS 1500 do Chile contra a havaiana Alessa Quizon.

"Estou supercontente de estar aqui de volta ao Chile", disse Sofia Mulanovich. "No ano passado, as ondas estavam muito boas e consegui fazer a final aqui, que me deu o título sul-americano, então estou feliz por estar aqui de novo. O campeonato está lindo e esperamos que as ondas aumentem um pouco para amanhã (domingo), para ficar mais bonito ainda".

Maui and Sons Pichilemu Woman´s Pro Maui and Sons Pichilemu Woman´s Pro WSL / Luis Barra

E a vice-campeã da primeira edição do Maui and Sons Pichilemu Pro também estreou com vitória no sábado, a argentina Josefina Ane, que perdeu a decisão de 2014 para outra havaiana, Dax McGill. A costa-ricense Emily Gussoni passou junto com ela nessa sexta bateria. Na sétima, se classificaram a havaiana Brittany Penaroza e a chilena Josefina Vidueira. E as últimas vagas para o domingo foram conquistadas pela costa-ricense Leilani McGonagle e pela norte-americana Nicole Fulford, eliminando as chilenas Maria Barrios e Katherine Del Rio.

Maui and Sons Pichilemu Woman´s Pro
WSL / Luis Barra
1 of 3
Maui and Sons Pichilemu Woman´s Pro
WSL / Luis Barra
1 of 3
×
World Surf League
Official App
Free – Google Play
Get it