NewsJack's Surfboards Pro

Hizunomê Bettero vence QS 1500 de Huntington Beach

O paulista Hizunomê Bettero conquistou o título do QS 1500 Jacks Surfboards Pro no famoso píer de Huntington Beach, maior palco do surf norte-americano na Califórnia. A decisão foi contra o japonês Arashi Kato e o ubatubense subiu de 131 para 26 no ranking do WSL Qualifying Series 2017, com os 1.500 pontos da vitória nos Estados Unidos. Esta foi a quarta etapa vencida por brasileiros esse ano. O paranaense Peterson Crisanto ganhou a primeira no QS 1500 de Israel. E as mais importantes da temporada, com status QS 6000 na Austrália, foram vencidas pelo catarinense Yago Dora em Newcastle e o paulista Jessé Mendes em Sydney, com os dois encabeçando a lista dos dez indicados para a elite da World Surf League pelo QS.

2017 Jack's Surfboards Pro QS1,500 Champion Hizunome Bettero (BRA) (R) and runner-up Arashi Kato (JPN) (L). Arashi Kato e Hizunome Bettero WSL / Andrew Nichols

Além de Hizunomê Bettero, outros quatro brasileiros e dois surfistas do Chile chegaram no domingo decisivo do Jacks Surfboards Pro. O também paulista Gabriel André barrou um dos favoritos ao título, o ex-top do CT, Patrick Gudauskas, na primeira bateria do dia. Hizunomê ganhou a segunda, mas Renan Peres ficou em último nessa e os outros também foram eliminados. Os chilenos Manuel Selman e Nicolas Vargas caíram juntos na terceira. E Thiago Guimarães e Namor Cayres ficaram em último nas suas e em 25.o lugar no campeonato com 280 pontos, como Renan Peres e Nicolas Vargas.

Gabriel André parou na fase seguinte e terminou em 13.o lugar, com 420 pontos. Já Hizunomê Bettero venceu mais três baterias para chegar na grande final, duas delas formadas por quatro competidores e a semifinal homem a homem contra o havaiano Dylan Goodale. Na outra bateria, o japonês Arashi Kato surpreendeu ao despachar o último norte-americano, Killian Garland, mas perdeu a disputa final pelo prêmio máximo de 10.000 dólares e os 1.500 pontos da vitória para o brasileiro Hizunomê Bettero.

Hizunome Bettero (BRA) winning his Round Five heat at the Jack's Surfboards Pro QS1,500. Hizunome Bettero WSL / Nilton Baptista

QS 3000 NO CARIBE - Nessa semana também está rolando outra etapa do WSL Qualifying Series com participação de surfistas da América do Sul, o QS 3000 Martinique Surf Pro na Ilha Martinica do Caribe. No domingo, as ondas em Basse Pointe ficaram clássicas e o paulista Weslley Dantas, irmão mais jovem do top da elite, Wiggolly Dantas, foi um dos destaques do dia na bateria que passou para a terceira fase, dos principais cabeças de chave do evento.

Metade dessa rodada de dezesseis baterias já aconteceu no domingo e seis sul-americanos classificaram-se para a fase dos 32 melhores surfistas do QS 3000 Martinique Surf Pro, os brasileiros Alejo Muniz, Bino Lopes, Lucas Silveira, Yuri Gonçalves, o argentino Santiago Muniz e o peruano Miguel Tudela. Três deles vão disputar apenas duas vagas para a quinta fase, os catarinenses Alejo Muniz e Yuri Gonçalves e o carioca Lucas Silveira, com o japonês Hiroto Arai completando essa bateria.

Arashi Kato (JPN) winning his Round Four heat at the Jack's Surfboards Pro QS1,500. Arashi Kato WSL / Nilton Baptista

AMÉRICA DO SUL - Na próxima semana, o QS 1500 Rip Curl Pro Argentina promove a primeira etapa do WSL Qualifying Series na América do Sul, nos dias 11 a 16 de abril em Mar del Plata, abrindo a disputa pelo título sul-americano da WSL South America mais uma vez nas ondas da Playa Grande. No ano passado, o brasileiro Flavio Nakagima venceu a final contra Leandro Usuña na casa dele, mas o argentino festejou um inédito título sul-americano para o seu país no final da temporada. As inscrições para o Rip Curl Pro Argentina ainda estão abertas e podem ser feitas pelo site www.wslsouthamerica.com

×
World Surf League
Official App
Free – Google Play
Get it