News

Salve a história do surf: mantenha Matt Warshaw preso

Os historiadores formam um grupo estranho. Para prosperar em seu ofício eles se isolam mergulhando em um trabalho aborrecido e tedioso. Ainda que pesquisar, revirando e encontrando informações perdidas em arquivos, possa ser divertido, a grande maioria de seus dias são gastos na classificação, digitalização, gravação, transcrição, edição e organização por palavras- chave de imensos volumes de texto e vídeos vindos de todo o mundo. E enquanto várias revistas e fundações se propuseram a preservar a rica história do surf, ninguém sequer se aproxima de ter cumprido essa missão como Matt Warshaw, autor do livros Encylopedia of Surfing, The History of Surfing e de um novo site, Above the Roar, repleto de entrevistas clássicas com ícones do surf no seu auge.

Beachboy life. O site The History of Surfing está repleto de histórias e imagens que vão te deixar com um sentimento de orgulho. WSL / history of surfing

O legado com que Warshaw nos presenteia é trazer de volta para nossas vidas toda essa incrível história tornado-a facilmente acessível. E o trabalho realizado foi fenomenal. Agora, depois de passar anos criando três sites diferentes, ele finalmente combinou todos eles numa plataforma única exclusiva para assinantes. Por apenas U$3 dólares por mês, os usuários têm acesso a todo o conteúdo armazenado, a qualquer momento. Estamos falando da maior biblioteca de conhecimento e reflexão sobre o surf. E confie em nós quando dizemos que vale a pena tornar-se um membro. Isso não só permite que você se aprofunde num imenso baú digital explorando os tesouros do surf a qualquer momento, mas, o mais importante, seu apoio viabiliza que Warshaw possa manter-se preso e isolado em seu quarto, cavando, classificando e arquivando mais relatórios sobre nosso passado. Nós conversamos com Matt para saber mais sobre sua generosa oferta.

Primeiro, o que o motivou a fazer tudo isso? Depois de todos esses anos escrevendo artigos e livros, agora sou totalmente viciado em trabalhar na internet. Colocando coisas online, eu sou como uma criança com um "fidget spinner". É tão imediato. Uma grande parte da minha motivação é apenas satisfazer meu TOC. Mas também tem uma relação direta com o quanto eu amo o surf, e o quanto o surf comanda minha atenção. Estou tão grato pela maneira como o esporte preencheu minha vida, como ele me moldou, e agora eu estou em uma posição em que posso realmente prestar um serviço ao esporte. O surf me deu muito, agora eu posso devolver. O surf merece ter sua história online. Ele merece ter uma fonte de referência de tamanho monstro, como a Encyclopedia of Surfing. Eu posso fornecer tudo isso, e me sinto muito bem ao fazê-lo.

Matt Warshaw A The Encyclopedia of Surfing é um recurso fabuloso como nenhum outro. Considere seu dever como surfista apoiá-la. WSL / matt warshaw

Imagino que sua biblioteca de revistas antigas e livros seja enorme. Há muitas pessoas por ai com coleções como a sua? A minha coleção é boa, mas não é excelente. Muitas pessoas, ou pelo menos algumas dúzias delas, têm mais coisas em suas prateleiras. Mas minhas revistas e livros são todos catalogados numa base de dados e indexados com palavras-chave, e não falemos mais sobre isso, porque é algo de verdade muito chato de ser discutido, mas se você é um "geek" da informação, ter todas as coisas de imediato acessíveis em vez de simplesmente ocupando espaço nas prateleiras de livros, é como ter um superpoder. Os bancos de dados são meus superpoderes.

Qual é a sua era favorita para se aprofundar e explorar? Malibu, depois da segunda guerra mundial. Joe Quigg com Matt Kivlin em First Point vazio nas novas pranchas de balsa. Eles eram parte da primeira geração a manobrar em vez de apenas cortar a onda num ângulo reto, tipo o que Chuck Yeager fazia mas sem o desejo da morte.

Archival gold. O rico passado do surf é repleto de personangens carismáticos que abiriram o caminho para nós. O site de Warshaw oferece uma maneira fácil de aprender, se apaixonar e reviver essa história. WSL / matt warshaw

Quem foi o seu personagem de surf favorito em todos os tempos e por quê? Dale Velzy, por ser parte cowboy, por dirigir um Mercedes 300SL Gullwing, por ter sempre uma meia garrafa de algo alcoolico no bolso, por ser amigo de Bob Simmons, mas afirmar que suas pranchas eram uma porcaria, pela estupidez e atrevimento de incendiar seu próprio império de fabricação de pranchas por falta de pagamento do imposto de renda devido. A vida de Velzy foi repleta de aventuras e amigos, ondas sensacionais e muitas esposas, e nunca me canso de escrever sobre ele.

Você é um fã de longa data, comentarista e crítico do surf profissional ... O que o motiva a assistir? Neste momento da minha vida, tem muito o que ver com o quanto estou achando sem graça os clipes e matérias de surf - qualquer coisa produzida, onde a performance é boa demais e as ondas são perfeitas demais. No que diz respeito ao surf, a única coisa que mantém a minha atenção na tela é uma bateria do CT ao vivo em boas ondas, onde um surfista vai sair da água feliz com o resultado e o outro destruído, e os segundos estão passando. Não é realmente o surf como o resto de nós o conhece e experimenta, mas e daí? É esporte, e adoro esporte. Táticas e contra-táticas. Quem pode ter uma boa performance sob pressão - é o que eu mais gosto em tudo isso. Fico maravilhado com pessoas que podem fazer algo bem em circunstâncias extremas, porque como competidor que fui há muito tempo, eu caia sob o menor sinal de pressão. Aprecio a parte técnica também, o quão avançado é o surf exibido, mas principalmente assisto para ver quem sucumbe e quem não.

The obsessive compulsive O fãs do surf estão todos se beneficiando enormemente com o comportamento obsessivo compulsivo de Matt Warshaw. WSL

Então, conte-nos mais sobre o valor do que nossos U$3 dólares por mês irão permitir que acessemos, e por quais outras razões podemos nos sentir bem ao nos tornarmos assinantes? Eu gosto de pensar que você está recebendo $3 dólares em entretenimento apenas com as publicações diárias. Eu fiz um clipe de pranchas de surf voando de racks de carro e coloquei na trilha sonora uma música do Al Green, e essa coisa deveria ter sido exibida em Cannes. Ou os vídeos de homenagem póstuma - John Severson e Jack O'Neill faleceram na semana passada, e a Encyclopedia of Surfing publicou tributos para celebrar suas vidas. Isso é uma honra, e penso que as pessoas realmente preferem assistir a um clipe de alguém como O'Neill, em vez de ver apenas uma foto. Blogar em geral - eu realmente gosto de pegar o passado e ver como eu posso fazê-lo dançar e cantar para o presente. A regra número um é não colocar nada em um pedestal. Afinal de contas é apenas surf. Eu honro o esporte fazendo uma boa pesquisa, mas o resultado deve ser brincalhão, divertido, burro às vezes, talvez um pouco perverso. É o que é o nosso passado. E isso é o que o surf é hoje em dia também.

Bem, ouça, nós realmente apreciamos o que você está fazendo. Diga-nos novamente a melhor maneira de mantê-lo trancado e trabalhando? Honestamente, acesse minha página de assinatura e se inscreva. É tão baixo o custo que você nem sentirá. Essa e a idéia básica.

Lances left Com sua ajuda nós podemos manter Warshaw longe do mar, onde ele ficaria perfeitamente feliz em pegar suas ondas. WSL
×
×
World Surf League
Official App
Free – Google Play
Get it