NewsVans US Open of Surfing - Men's QS

Filipe e Alejo disputam vagas para as oitavas do US Open

O paulista Filipe Toledo segue invicto na busca pelo bicampeonato no QS 10000 Vans US Open of Surfing em Huntington Beach, na Orange County, Calif√≥rnia, Estados Unidos. Ele ganhou mais uma bateria na quinta-feira e a pr√≥xima defesa do t√≠tulo conquistado no ano passado, ser√° contra o australiano Josh Kerr e o americano Nat Young. Quem tamb√©m j√° est√° na rodada classificat√≥ria para as oitavas de final √© o catarinense Alejo Muniz e outros cinco brasileiros ainda v√£o disputar as √ļltimas baterias da terceira fase, que ficaram para abrir a sexta-feira no maior palco do surfe norte-americano.

Filipe Toledo surfing during Heat 6 of Round Three at The Vans US Open of Surfing Filipe Toledo WSL / Sean Rowland

Além de Filipe Toledo e Alejo Muniz, que agora é quem está mais próximo de ingressar no grupo dos dez indicados pelo WSL Qualifying Series, para a elite dos top-34 que disputa o título mundial da World Surf League, só mais um brasileiro passou bateria na quinta-feira de ondas de 3-4 pés em Huntington Beach. O líder do ranking, Jessé Mendes, primeiro a já garantir vaga no CT 2018 por antecipação, estreou no primeiro confronto do dia, ainda pela segunda fase do US Open. Depois, foram realizadas as quartas de final do CT feminino e mais oito baterias da terceira fase masculina, que fecharam a quinta-feira nos Estados Unidos.

Dos cinco brasileiros que competiram na √ļltima rodada de confrontos formados por quatro surfistas, apenas Filipe Toledo e Alejo Muniz se classificaram e com vit√≥rias em suas baterias. Alejo saiu da elite no ano passado e j√° aparece em 14.o no ranking que est√° garantindo at√© o 11.o colocado. O japon√™s Hiroto Ohhara passou junto com o catarinense para a quarta fase e deixou a rabeira da lista para o brasileiro Alex Ribeiro, que depois j√° foi tirado do G-10 pelo norte-americano Nat Young. Alejo Muniz vai disputar a segunda classificat√≥ria para as oitavas de final com o australiano Stu Kennedy e o neozeland√™s Ricardo Christie.

Alejo Muniz of Brasil advanced directly to Round Four of the US Open after winning Heat 2 of Round Three at Huntington Beach, California, USA. Alejo Muniz WSL / Kenneth Morris

Após a estreia vitoriosa do Brasil na terceira fase, dois foram eliminados por Josh Kerr e Davey Cathels no confronto direto com a Austrália na quarta bateria, o paulista Victor Bernardo e o carioca Lucas Silveira. Mas, Filipe Toledo confirmou o favoritismo numa disputa fraca de ondas em Huntington Beach, contra os australianos Adam Melling e Jack Freestone e o americano Michael Dunphy. Os próximos oponentes do defensor do título do Vans US Open of Surfing, são o australiano Josh Kerr e o californiano Nat Young.

Outros cinco brasileiros ainda v√£o tentar chegar na fase dos 24 concorrentes por vagas nas oitavas de final, pois est√£o nas quatro √ļltimas baterias da terceira fase, que v√£o abrir a sexta-feira em Huntington Beach. O paulista Caio Ibelli e o potiguar Jadson Andr√© est√£o na primeira do dia, com o americano Conner Coffin tamb√©m da elite do CT e o havaiano Dusty Payne. Na seguinte, o catarinense Tomas Hermes enfrenta outro americano, Griffin Colapinto, o australiano Mitch Crews e o franc√™s Maxime Huscenot.

Jadson Andre surfing during Heat 19 of Round Two Jadson Andre WSL / Sean Rowland

Depois, tem o l√≠der do ranking, Jess√© Mendes, contra o portugu√™s Frederico Morais, o californiano Patrick Gudauskas e o australiano Soli Bailey. E na bateria que fecha a terceira fase, o potiguar Italo Ferreira e o uruguaio Marco Giorgi disputam as duas √ļltimas vagas com o irm√£o de Patrick, Tanner Gudauskas, al√©m do havaiano Joshua Moniz. Esta √© a √ļltima rodada de confrontos formados por quatro competidores. Na quarta fase, as baterias s√£o de tr√™s surfistas e depois o sistema muda para o formato homem a homem que prossegue at√© a final.

SURPRESAS NO CT - Entre as duas baterias restantes da segunda fase do QS 10000 e as oito primeiras da terceira que rolaram √† tarde, foram disputadas as quartas de final da etapa do World Surf League Women¬īs Championship Tour, com algumas surpresas. As l√≠deres do ranking perderam e a americana Courtney Conlogue agora tem a chance de tirar a lycra amarela do Jeep WSL Leader de Tyler Wright na Calif√≥rnia. No entanto, s√≥ consegue superar a australiana e a vice-l√≠der, Sally Fitzgibbons, se for a campe√£ do Vans US Open of Surfing. Se ficar em segundo lugar na final, permanecer√° em terceiro no ranking.

Coco Ho of Hawaii advanced to the semifinals of the VANS US Open of Surfing after defeating reigning Women's World Champion and current No.1 on the Jeep Leaderboard Tyler Wright of Australia in 4 - 5 foot conditions at Huntington Beach, California, USA. Coco Ho WSL / Sean Rowland

A n√ļmero 1 foi a primeira a cair. A havaiana Coco Ho come√ßou bem, manobrando forte numa boa onda para largar na frente com nota 7,83. Tyler Wright assumiu a ponta com notas 5,33 e 7,17 em duas ondas seguidas, mas Coco confirmou a vit√≥ria com o 5,03 que recebeu em sua √ļltima onda. O placar ficou em 12,86 a 12,50 pontos para a havaiana, que no momento est√° fora do grupo das dez primeiras do CT, que s√£o mantidas na elite das top-17 para o ano que vem. Ela entra no G-10 se chegar na final do Vans US Open, ent√£o ter√° que vencer o duelo havaiano com a campe√£ em Huntington Beach no ano passado, Tatiana Weston-Webb.

A outra semifinal ser√° norte-americana, entre Courtney Conlogue e Sage Erickson, que decidiram o t√≠tulo do QS 6000 de Oceanside no domingo passado. Sage disputou uma bateria fraca de ondas com a australiana Sally Fitzgibbons, mas come√ßou bem com nota 6,67 que foi decisiva para a vit√≥ria sobre a vice-l√≠der da corrida pelo t√≠tulo mundial. A australiana n√£o conseguiu ondas com potencial para superar essa vantagem inicial e foi derrotada por 10,74 a 9,10 pontos. Courtney foi melhor na √ļltima bateria, totalizando 14,87 pontos contra a francesa Pauline Ado e agora tem a chance de assumir a lideran√ßa do ranking para a reta final da temporada 2017 do World Surf League Championship Tour.

Local favourite Courtney Conlogue of the USA advanced to the semifinals of the VANS US Open of Surfing after defeating Pauline Ado of France in Quarterfinal Heat 4 in 4 - 5 foot conditions at Huntington Beach, California, USA. Courtney Conlogue WSL / Kenneth Morris

Mesmo que Courtney Conlogue consiga sua terceira vit√≥ria nas seis etapas completadas na Calif√≥rnia, a disputa continuar√° acirrada, quase fase a fase entre a americana e as australianas Tyler Wright e Sally Fitzgibbons. A hexacampe√£ Stephanie Gilmore est√° na briga, por√©m um pouco mais distante com a elimina√ß√£o em √ļltimo lugar no Vans US Open of Surfing. Restam quatro etapas para definir a campe√£ mundial de 2017 e a pr√≥xima batalha tamb√©m ser√° na Calif√≥rnia, no Swatch Trestles Women¬īs Pro em San Clemente, de 6 a 17 de setembro.

×
World Surf League
Official App
Free – Google Play
Get it