NewsIchinomiya Chiba OpenAlex Ribeiro

Alex Ribeiro entra no G-10 no QS 6000 do Japão

O paulista Alex Ribeiro é o mais novo brasileiro a entrar na lista provisória dos dez indicados pelo WSL Qualifying Series para a elite dos top-34 do World Surf League Championship Tour. Ele parou nas semifinais do QS 6000 Ichinomiya Chiba Open, perdendo apenas para o campeão da etapa encerrada neste sábado no Japão, o australiano Ryan Callinan. Com o terceiro lugar, Alex subiu da 21.a para a sexta posição no G-10, que agora tem cinco brasileiros. Ele bateu o líder do ranking, Alejo Muniz, nas quartas de final e Deivid Silva assumiu a segunda posição, Jadson Andre subiu para a quinta e Miguel Pupo é o sétimo na classificação geral das trinta etapas completadas no Japão. A próxima é o QS 3000 Maui and Sons Arica Pro Tour, que começa nesta terça-feira nos tubos desafiadores de El Gringo, no Chile.

Alex Ribeiro (BRA) winning his Quarterfinal heat at the Gotcha Ichinomiya Chiba Open QS 6,000. Alex Ribeiro WSL / Kawana

Quem acabou saindo do G-10 foi o peruano Lucca Mesinas, que não competiu no QS 6000 do Japão e nem na outra etapa realizada nesta semana, o QS 1500 Heroes de Mayo Iquique Pro encerrado na quinta-feira com vitória australiana de Jack Robinson sobre o peruano Alonso Correa nas ondas de La Punta, no norte do Chile. No Ichinomiya Chiba Open, os brasileiros brilharam nas ondas de Chida Point, em Chiba. No ano passado, o paulista Jessé Mendes ganhou este evento que foi decisivo para sua classificação para a elite dos top-34 de 2018.

Agora outro paulista chegou perto de repetir o feito, mas o australiano Ryan Callinan achou as melhores ondas que entraram na bateria para derrotar Alex Ribeiro por 11,33 a 5,66 pontos. Mesmo assim, os 3.550 pontos recebidos pelo terceiro lugar no Japão, foram suficientes para o surfista da Praia Grande saltar da 21.a para a sexta posição no ranking. A última bateria que Alex ganhou em Chiba foi nas quartas de final contra o catarinense Alejo Muniz, que se tornou o primeiro a ultrapassar a barreira dos 10.000 pontos no WSL Qualifying Series esse ano.

Jadson Andre (BRA) winning  his Round 2 heat at the Gotcha Ichinomiya Chiba Open QS 6,000. Jadson Andre WSL / Kawana

Outros dois brasileiros perderam nas quartas de final e terminaram em quinto lugar no Ichinomiya Chiba Open, marcando 2.650 pontos no ranking. O potiguar Jadson André vinha fazendo grandes apresentações em Shida Point, mas foi batido pelo vice-campeão do QS 6000 do Japão, Seth Moniz, que já tinha eliminado o paulista Flavio Nakagima nas oitavas de final. No duelo seguinte, o baiano Marco Fernandez perdeu para o costa-ricense Noe Mar McGonagle, mas ganhou quarenta posições no ranking, subindo do 64.o para o 24.o lugar.

O baiano agora é o segundo brasileiro que está mais próximo da zona de classificação para o CT 2019, abaixo do paulista Victor Bernardo em 23.o e de dois peruanos, Lucca Mesinas em 17.o e Miguel Tudela em 21.o lugar. E com a nona posição no QS 6000 do Japão, Flavio Nakagima também deu um grande salto, de 95.o para quadragésimo no ranking. Outro que subiu bastante foi o jovem catarinense Mateus Herdy, atual campeão sul-americano Pro Junior da WSL South America, que também ficou em nono lugar perdendo nas oitavas de final no Japão e saiu da centésima para a 44.a colocação.

2018 Gotcha Ichinomiya Chiba Open QS 6,000 victor Ryan Callinan (AUS). Ryan Callinan WSL / Kawana

NOVIDADES NO G-10 - Além de Alex Ribeiro, mas dois surfistas entraram no G-10 no Japão, os finalistas do Ichinomiya Chiba Open. Com os 6.000 pontos da vitória, o australiano Ryan Callinan subiu da 76.a para a quarta posição e o vice-campeão, Seth Moniz, que marcou 4.500 pontos, saiu do 73.o para o décimo lugar, fechando a lista dos dez que se classificam para o CT pelo ranking de acesso da World Surf League. Esta foi a terceira das quatro etapas com status QS 6000 do calendário do WSL Qualifying Series esse ano. A última é o Pantin Classic Galicia Pro, que será disputada entre os dias 28 de agosto de 02 de setembro na Espanha.

World Surf League
Download it for free on the App store. Download it for free on Google Play.
Download
Download