NewsCorona Bali Protected

Mais três brasileiros vencem baterias no CT de Bali

Mais três brasileiros venceram suas primeiras baterias nas direitas de Keramas, para se juntar a Gabriel Medina e Willian Cardoso na terceira fase do Corona Bali Protected na Indonésia. O campeão mundial Adriano de Souza fez um novo recorde de 15,50 pontos na primeira do dia e Filipe Toledo e Italo Ferreira passaram pela repescagem para seguirem na briga pela lycra amarela do Jeep Leaderboard na primeira metade do World Surf League Championship Tour 2018. Na segunda-feira, foram realizadas apenas sete baterias, pois o vento entrou mais cedo acabando com a boa formação das ondas. Ficaram seis para fechar a repescagem e mais cinco brasileiros ainda vão tentar a segunda chance de classificação para a terceira fase em Bali.

Adriano De Souza of Brazil won Heat 12 of Round 1 at the Corona Bali Protected, 2018. Adriano De Souza WSL / Ed Sloane

A segunda-feira amanheceu com altas ondas de 6-8 pés e os brasileiros aproveitaram a boa condição do mar do início da manhã para vencer as três primeiras baterias. O "capitão" da seleção brasileira, Adriano de Souza, ganhou a primeira do dia surfando dois tubaços nas direitas de Keramas que os juízes deram 7,83 e 7,67, notas que ninguém mais conseguiu nas outras baterias.

Mineirinho era para ter estreado na última do domingo, com vento e mar muito ruim, mas ela foi adiada para ele abrir a segunda-feira com um novo recorde de 15,50 pontos no Corona Bali Protected, superando os 15,17 do bicampeão mundial John John Florence no domingo. O havaiano Sebastian Zietz e o catarinense Yago Dora estrearam junto com Adriano nesta bateria que faltava para fechar a primeira fase e terão que disputar a repescagem.

2015 World Champion Adriano de Souza (red, BRA) advances to Round 3 of the 2018 Corona Bali Protected after defeating rookie Yago Dora white, BRA) in Heat 12 of Round 1 at Keramas, Bali, Indonesia. Adriano de Souza e Yago Dora WSL / Kelly Cestari

"Pegar tubos é o que eu mais amo no surfe", disse Adriano de Souza. "A Indonésia é um dos meus lugares preferidos no mundo. Aqui você só surfa, come, dorme e repete tudo no outro dia. As pessoas daqui são incríveis e as ondas são as que você sempre sonhou surfar, então estou feliz em passar para a terceira fase".

Depois do show de Adriano de Souza nos tubos de Keramas, Filipe Toledo usou o aéreo para ganhar sua maior nota - 7,17 - no duelo com o surfista da Indonésia, Oney Anwar, na primeira rodada eliminatória do CT de Bali. O vice-líder na corrida pelo título mundial da temporada, também surfou um tubo para totalizar 12,77 pontos contra 11,00 do seu adversário. Filipe segue na briga pela lycra amarela do Jeep Leaderboard do australiano Julian Wilson.

Filipe Toledo of Brazil won Heat 1 of Round 2 at the Corona Bali Protected, 2018. Filipe Toledo WSL / Ed Sloane

"Eu demorei um pouco para entrar no ritmo, mas as ondas vieram e estou feliz por ter conseguido surfar bem essa bateria", disse Filipe Toledo. "Eu sabia que ia ser difícil enfrentar o Oney (Anwar), pois ele conhece muito bem as ondas aqui e é muito bom nessas condições. Fico contente em continuar surfando neste evento porque as ondas estão bombando aqui".

JEEP LEADERBOARD - Além de Filipe, mais dois brasileiros também estão no encalço de Julian Wilson, o potiguar Italo Ferreira em terceiro no ranking e o paulista Gabriel Medina em quarto. Medina estreou com vitória no domingo, mas Italo perdeu e teve muito trabalho contra o convidado Barron Mamiya na repescagem. O havaiano surfou bons tubos para liderar toda a bateria, mas há 3 minutos do fim, Italo achou um tubaço para virar o resultado para 11,84 a 11,14 pontos.

Italo Ferreira of Brazil won Heat 2 of Round 2 at the Corona Bali Protected, 2018. Italo Ferreira WSL / Ed Sloane

"O Barron (Mamiya) começou bem, pegando boas ondas no início e eu fiquei lutando para encontrar um ritmo com as séries (de ondas)", disse Italo Ferreira. "A outra única vez que surfei uma bateria contra o Barron, ele me derrotou, então achei que ia acontecer de novo. Mas, felizmente, eu tive sorte em pegar uma boa onda no final para conseguir a vitória".

Depois de três vitórias seguidas, veio a primeira baixa da seleção brasileira em Bali. O paulista Miguel Pupo liderou todo o confronto com Adrian Buchan, só que o australiano achou uma boa onda no último minuto para ganhar de virada, por 9,90 a 8,76 pontos. Pupo está substituindo o contundido Caio Ibelli na Indonésia e terminou em 25.o lugar no Corona Bali Protected, mas outros cinco brasileiros ainda vão competir na repescagem.

Miguel Pupo of Brazil placed second in Heat 4 of Round 2 at the Corona Bali Protected, 2018. Miguel Pupo WSL / Ed Sloane

FAVORITOS ELIMINADOS - Nas outras três baterias disputadas na segunda-feira, os surfistas mais bem ranqueados foram eliminados pelos que estavam na parte de baixo da tabela de classificação. O primeiro foi o californiano Kolohe Andino, que chegou em Bali em 13.o no Jeep Leaderboard e perdeu para o número 24 do ranking, Mikey Wright, australiano que está competindo como convidado da World Surf League.

Os outros dois perderam nos últimos confrontos do dia, quando o vento já afetava a boa condição do mar e os tubos sumiram de Keramas. O vice-campeão na final do Oi Rio Pro com Filipe Toledo na Barrinha de Saquarema, Wade Carmichael, defendia a quinta posição e foi batido pelo trigésimo, o sul-africano Michael February. Depois, Sebastian Zietz perdeu o duelo havaiano para Keanu Asing, que acabou fechando a segunda-feira. Zietz estava em 17.o no ranking e Asing empatado em trigésimo com o sul-africano.

Excellent conditions on offer for Round 2 of the 2018 Corona Bali Protected at Keramas, Bali, Indonesia. Lineup Keramas WSL / Kelly Cestari

BATERIAS ADIADAS - Depois dessas duas baterias quase sem ondas pela ação do vento desfavorável para Keramas, os comissários da World Surf League decidiram parar o evento e marcar uma nova chamada para a sétima bateria da repescagem. No entanto, as condições não mudaram e o duelo luso-brasileiro entre Frederico Morais e o pernambucano Ian Gouveia, foi adiado para as 6h30 da terça-feira na Indonésia, 19h30 da segunda-feira no fuso horário de Brasília.

Além de Ian Gouveia, mais quatro brasileiros estão escalados nos confrontos que restaram da repescagem. O paulista Jessé Mendes está na nona bateria com o japonês Kanoa Igarashi, que será a terceira a entrar no mar no próximo dia. Na 11.a tem duelo verde-amarelo entre o cearense Michael Rodrigues e o catarinense Yago Dora. E outro catarinense, Tomas Hermes, vai fechar a repescagem com o australiano Connor O´Leary. Com as três vitórias da segunda-feira, o Brasil agora tem cinco classificados para a terceira fase no CT de Bali.

World Surf League
Download it for free on the App store. Download it for free on Google Play.
Download
Download