NewsO'Neill Pro Junior presentado por Petroperu

O'Neill Pro Junior abre o Circuito Sul-Americano da WSL South America no Peru

O O´Neill Pro Junior apresentado pela Petroperu e Imaco no Peru, abriu neste sábado nas esquerdas perfeitas de Lobitos, o Circuito Sul-americano Pro Junior WSL South America de 2018, para os surfistas com até 18 anos de idade. Foram realizadas duas fases da categoria masculina e os brasileiros são maioria entre os dezesseis que vão disputar vagas para as quartas de final. São treze contra três peruanos para brigar pelo título sul-americano que será decidido neste domingo no Peru. No feminino, já foram definidas as quartas de final, mas elas ainda terão outra etapa no Brasil na semana que vem, para saber quem será a campeã sul-americana de 2018.

Gabriel Vargas - O'Neill Pro Junior pres. por Petroperu Gabriel Vargas WSL / Luis Patiño - Media Pro

O sábado em Lobitos começou pela primeira fase masculina, sem os principais concorrentes ao título que só estreariam na segunda rodada de oito baterias. Os primeiros a se destacar foram os peruanos, com Raul Dañino fechando a primeira fase com as maiores marcas do dia até ali, 14,00 pontos somando notas 7,50 e 6,50 das suas melhores ondas. Depois, teve a estreia das meninas e a segunda fase masculina fechou o primeiro dia. Foi na entrada dos cabeças de chave do O´Neill Pro Junior, quando novos recordes foram registrados.

Vice-campeão sul-americano no ano passado e terceiro colocado no último Mundial Pro Junior da World Surf League na Austrália, o brasileiro João Chianca ganhou a primeira bateria por 13,15 pontos e na segunda começou o show da nova geração. Primeiro pelo peruano Gabriel Arturo Vargas, que pulverizou os recordes da primeira fase, somando notas 8,50 e 7,90 no placar de 16,40 pontos. O brasileiro Leonardo Barcelos também fez bonito nas esquerdas de Lobitos nessa bateria, totalizando 14,00 pontos com a nota 7,25 da sua melhor onda.

Gustavo Borges - O'Neill Pro Junior pres. por Petroperu Gustavo Borges WSL / Luis Patiño - Media Pro

Depois, os brasileiros comandaram o espetáculo no O´Neill Pro Junior. Na terceira bateria, Lucas Vicente atingiu imbatíveis 17,50 pontos computando uma nota 9,00, que foi igualada na vitória por 16,25 pontos de Eduardo Motta no confronto seguinte. Dentro d´água junto com ele, estava Samuel Pupo, que acertou tudo que arriscou nas ondas perfeitas de Lobitos para arrancar nota 9,40 dos juízes, a maior do primeiro dia. Com ela, Pupo avançou em segundo lugar com 15,90 pontos, junto com Eduardo Motta.

VAGAS PRO MUNDIAL - Os dezesseis que passaram para o domingo, vão começar o último dia disputando classificação para as quartas de final na terceira fase do O´Neill Pro Junior. Serão baterias decisivas para seguir na briga pelas quatro vagas para o Mundial Pro Junior da World Surf League. Elas serão definidas exatamente nas quartas de final, quando começam os duelos homem a homem no Peru, formato que prossegue até a decisão do título.

Juan Ruggiero - O'Neill Pro Junior pres. por Petroperu Juan Ruggiero WSL / Luis Patiño - Media Pro

Um dos três peruanos, Gabriel Vargas, terá uma parada dura contra três brasileiros na primeira bateria, João Chianca, Samuel Pupo e Mateus Sena. A segunda será 100% verde-amarela, com Lucas Vicente, Eduardo Motta, Leonardo Barcelos e Leo Casal. Aí vem um confronto direto dos donos da casa e o Brasil, com os peruanos Jhonny Guerrero e Raul Dañino contra Daniel Templar e Wallace Vasco. E mais quatro brasileiros vão brigar pelas últimas vagas para as quartas de final, Tayrom da Silva, Pedro Dib, Vitor Ferreira e Diego Aguiar.

CATEGORIA FEMININA - Na categoria feminina, as dezesseis competidoras foram divididas na primeira fase, com as duas primeiras colocadas em cada avançando para as quartas de final. A atual campeã sul-americana Pro Junior estreou na primeira bateria e a peruana Sol Aguirre começou bem, fazendo várias manobras numa longa esquerda em Lobitos para receber nota 8,00 dos juízes na primeira onda. Ela também escolheu bem a segunda e ganhou 6,25 para atingir imbatíveis 14,25 pontos para as meninas. Era um confronto entre quatro peruanas e Catalina Zariquiey avançou junto com Sol Aguirre para as quartas de final.

Sol Aguirre - O'Neill Pro Junior pres. por Petroperu Sol Aguirre WSL / Luis Patiño - Media Pro

A defensora do título vai disputar a primeira vaga para as semifinais com a argentina Flavia Cianciarulo. A segunda será entre Catalina Zariquiey e a brasileira Maju Freitas, que venceu a segunda bateria. As que chegaram mais perto dos recordes de Sol Aguirre foram a também peruana Daniela Rosas e a brasileira Taina Hinckel. Daniela alcançou 13,35 pontos com notas 7,25 e 6,10 na terceira bateria, que foi a melhor das meninas no sábado. A brasileira Anne dos Santos passou em segundo com 12,25, somando 6,75 da sua melhor onda.

Na bateria seguinte, que definiu as duas últimas classificadas para as quartas de final, a campeã sul-americana Pro Junior de 2016 e vice-campeã no ano passado, Taina Hinckel, só conseguiu surfar uma onda até o fim. Mas, a nota 7,00 recebida garantiu a vitória da catarinense por 8,65 pontos apenas. Mais duas brasileiras brigaram pela última vaga e Julia Camargo superou Bruna Carderelli por 6,50 a 5,60 e 5,20 da peruana Bianca Mey.

Julia Camargo - O'Neill Pro Junior pres. por Petroperu Julia Camargo WSL / Luis Patiño - Media Pro

No domingo, Julia Camargo entra na terceira quarta de final com a peruana Daniela Rosas e a última será um duelo brasileiro, entre Taina Hinckel e Anne dos Santos. As vencedoras destas duas baterias, se enfrentam na disputa pela segunda vaga na decisão do título do O´Neill Pro Junior apresentado pela Petroperu nas esquerdas perfeitas de Lobitos.

O título sul-americano Pro Junior de 2018 da WSL South America será definido neste domingo no Peru, mas a campeã da categoria feminina somente na próxima semana no Brasil, no São Chico ECO Festival em São Francisco do Sul, Santa Catarina. O ranking da WSL South America vai computar os resultados das duas etapas e as duas primeiras colocadas formarão o time sul-americano no Mundial Pro Junior da World Surf League, na primeira semana de dezembro na Ilha Taiwan.

Taina Hinckel - O'Neill Pro Junior pres. por Petroperu Taina Hinckel WSL / Luis Patiño - Media Pro

O O´Neill Pro Junior apresentado pela PETROPERU e IMACO, conta com o apoio da Cedro, da Prefeitura Municipal de Lobitos e da Fundação Planeta Azul, além da Universidade de Piura, Mapfre, Oeschle, Don Italo, Barra Maretazo, Oltursa, La Panka, D´Marco, Yolo, Lobitos Lodge e como parceiros de mídia o El Comercio, Duke, Media Pro Publicidad y Marketing, Perú Deportes, Publimetro e JEEP como veículo oficial da World Surf League.

World Surf League
Download it for free on the App store. Download it for free on Google Play.
Download
Download