NewsMEO Rip Curl Pro Portugal

Filipe perde e Medina segue com chance de título mundial no Rip Curl Pro Portugal

A chance de Gabriel Medina conquistar seu segundo título mundial antecipado segue viva em Portugal. Para isso, ele precisa repetir a vitória conquistada no MEO Rip Curl Pro e na quinta-feira já passou para as quartas de final, assim como o potiguar Italo Ferreira. O vice-líder teria que perder na terceira fase e Filipe Toledo foi derrotado pelo francês Joan Duru. A briga pela liderança entre eles era fase a fase em Portugal e agora o australiano Julian Wilson é o único que pode levar a decisão do título para o Havaí. Ele tem que chegar nas semifinais e vai disputar as últimas vagas para as quartas de final na bateria que ficou para abrir o último dia da "perna europeia" do World Surf League Championship 2018.

Gabriel Medina (BRA) and Neymar Jr after Gabriel Medina (BRA) win Heat 2 or Round 4 at the Meo Rip Curl Pro Portugal 2018 Medina e Neymar WSL / Damien Poullenot

"Essa bateria foi bem complicada e estávamos nós três lá dentro procurando por alguma onda boa", disse Gabriel Medina, após derrotar o taitiano Michel Bourez e o português Frederico Morais no penúltimo confronto do dia. "Ainda bem que encontrei alguns tubos, porque esta é uma fase importante e com sorte fica melhor ainda. Espero que possamos terminar o evento em boas ondas também e certamente vou fazer o meu melhor em todas as baterias".

Medina tem recebido grande apoio da torcida portuguesa e na quinta-feira também teve um amigo ilustre na praia, o craque Neymar, que foi até Portugal para assistir Medina competindo na quinta-feira. "Estou com a minha família aqui e amigos, como o Neymar, que veio hoje (quinta-feira) ficar com a gente aqui. É muito bom todo tipo de apoio, pois eu e ele sempre estamos perseguindo o mesmo objetivo, que é ser o melhor no que fazemos, então ele certamente é uma inspiração para mim".

Julian Wilson (AUS) Julian Wilson WSL / Laurent Masurel

Agora, toda a expectativa é pela participação de Julian Wilson. A primeira chamada para o seu confronto australiano com Owen Wright e Adrian Buchan, ficou para as 8h00 da sexta-feira em Portugal, 4h00 da madrugada no Brasil. A quinta-feira amanheceu com boas ondas em Supertubos e os tubos arrancaram as maiores notas do dia. O potiguar Italo Ferreira ganhou o duelo brasileiro com o paulista Jessé Mendes que abriu a terceira fase e foi o primeiro a passar para a fase classificatória para as quartas de final.

As atenções já estavam voltadas para os brasileiros que estavam na disputa fase a fase pela lycra amarela do Jeep Leaderboard em Portugal. O primeiro a entrar foi Gabriel Medina na sexta bateria e ele achou um tubão nas direitas de Supertubos que valeu nota 7,93. O australiano Ryan Callinan, um dos convidados desta etapa que na semana passada barrou Filipe Toledo também na terceira fase e foi vice-campeão no Quiksilver Pro France, era o adversário e também surfou um bom tubo nota 7,33. Mas, cometeu um erro, foi penalizado com uma interferência e Medina passou fácil por 13,60 a 7,33 pontos. Depois, Medina também fez o suficiente para derrotar o taitiano Michel Bourez e o português Frederico Morais por apenas 11,67 pontos, na segunda disputa por vagas nas quartas de final.

Filipe Toledo (BRA) placed 2nd in Heat 7 of Round 3 at the Meo Rip Curl Pro Portugal 2018 Filipe Toledo WSL / Damien Poullenot

DERROTA INESPERADA - Filipe Toledo entrou no confronto seguinte e foi uma bateria fraca de ondas. Ele ainda surfou um bom tubo e estava na frente até o francês Joan Duru pegar uma direita há 2 minutos do fim. Ela rodou um belo tubo, ainda rendeu mais duas manobras e ficou a expectativa. A nota 6,0 recebida foi suficiente para virar o placar para 12,50 a 12,10, com Filipe Toledo terminando em 13.o lugar nas duas provas da "perna europeia". Se ele passasse essa bateria, já acabaria com a chance de Gabriel Medina ser campeão mundial em Portugal.

Agora, Gabriel Medina está a duas baterias da grande final, para tentar repetir a vitória no MEO Rip Curl Pro Portugal do ano passado, que esse ano pode lhe garantir o bicampeonato mundial. Isso se Julian Wilson não chegar nas semifinais. O australiano também surfou bem em Supertubos contra o pernambucano Ian Gouveia. Na melhor onda, ganhou a maior nota do dia - 8,67 - nesta bateria que fechou da terceira fase. Julian ia voltar a competir na última da quinta-feira, mas as condições do mar já estavam bastante deterioradas e ela foi adiada para as 8h00 da sexta-feira em Portugal, 4h00 da madrugada no Brasil.

Ian Gouveia (BRA) is eliminated from the 2018 MEO Rip Curl Pro Portugal with an equal 13th finish after placing second in Heat 12 of Round 3 in Peniche, Portugal. Ian Gouveia WSL / Damien Poullenot

BRASILEIROS - Oito brasileiros competiram na quinta-feira de boas ondas em Supertubos, mas somente dois seguem na busca da vitória no MEO Rip Curl Pro Portugal, Gabriel Medina e Italo Ferreira. O potiguar começou o dia ganhando uma bateria muito disputada contra o paulista Jessé Mendes, encerrada em 13,66 a 13,30 pontos com as notas das últimas ondas que eles surfaram. Depois, Italo surfou bem de novo e somou duas na casa dos 7 pontos para vencer por 14,60 pontos a primeira classificatória para as quartas de final com o australiano Matt Wilkinson e o havaiano Ezekiel Lau.

O terceiro brasileiro a competir na quinta-feira foi o cearense Michael Rodrigues na quinta bateria, que foi bem fraca de ondas com os dois competidores surfando apenas as duas que são computadas. O taitiano Michel Bourez levou a melhor por 12,33 a 11,14 pontos. Na sequência vieram as baterias dos líderes na corrida do título mundial, com Gabriel Medina despachando Ryan Callinan, mas Filipe Toledo sendo eliminado por Joan Duru. Depois, os catarinenses Willian Cardoso e Tomas Hermes e o pernambucano Ian Gouveia, também perderam e terminaram em 13.o lugar na etapa portuguesa.

Willian Cardoso (BRA) is eliminated from the 2018 MEO Rip Curl Pro Portugal with an equal 13th finish after placing second in Heat 11 of Round 3 in Peniche, Portugal. Willian Cardoso WSL / Damien Poullenot
World Surf League
Download it for free on the App store. Download it for free on Google Play.
Download
Download