NewsTaiwan Open World Junior Championships - Men's

Samuel Pupo e Mateus Herdy nas quartas de final em Taiwan

Os brasileiros Mateus Herdy e Samuel Pupo estão comandando o show de surfe da nova geração e já despontam como favoritos ao título no Mundial Pro Junior da World Surf League na ilha Taiwan. No sábado, foi preciso fechar o espaço aéreo em Taitung para os voos dos surfistas nas boas ondas de 3-4 pés em Jinzun Harbour. Mateus e Samuel foram os destaques do dia e dominam a lista de recordes do Taiwan Open of Surfing. Eles passaram para as quartas de final e são fortes candidatos para aumentar para oito, o recorde de títulos mundiais do Brasil na categoria Pro Junior, para surfistas com até 18 anos de idade.

Samuel Pupo in Round 4 Heat 1 of the 2018 Taiwan Open World Junior Championships at Jinzun Harbour, Taiwan. .Samuel Pupo WSL / Jack Barripp

O atual campe√£o sul-americano Pro Junior da WSL South America, Samuel Pupo, foi o primeiro a se classificar. Ele completou dois a√©reos-reverse full rotation na √ļltima onda que surfou, para ganhar a maior nota do campeonato, 9,60. Com ela, totalizou 17,03 pontos, marca que s√≥ ficou abaixo dos 18,00 que Mateus Herdy tinha acabado de atingir na bateria anterior, fechando a terceira fase do evento. Samuel derrotou o norte-americano Eithan Osborne e o franc√™s Kauli Vaast e vai enfrentar ao havaiano Cole Alves na primeira quarta de final.

"Essa √ļltima onda foi realmente muito boa", disse Samuel Pupo. "Eu estava bem nervoso, j√° que os dois caras poderiam conseguir notas altas com um grande a√©reo a qualquer momento, ent√£o eu sabia que teria que fazer algo diferente. Felizmente, essa onda no final me deu a chance de mandar dois a√©reos e ainda fazer outra manobra para vencer. Eu e o Mateus (Herdy) temos conversado sobre levar o t√≠tulo mundial para o Brasil esse ano, ent√£o estou feliz por j√° ter passado para as quartas de final".

Mateus Herdy in Round 4 Heat 4 of the 2018 Taiwan Open World Junior Championships at Jinzun Harbour, Taiwan. .Mateus Herdy WSL / Tim Hain

Se o paulista Samuel Pupo conseguiu a maior nota do Taiwan Open of Surfing no s√°bado, o catarinense Mateus Herdy fechou o pen√ļltimo dia do evento com o maior placar, tamb√©m completando seus a√©reos-reverse full rotation com total controle e seguran√ßa nas aterrisagens das manobras. O recorde foi conseguido em sua primeira participa√ß√£o no s√°bado, quando liquidou o sul-africano Luke Thompson por imbat√≠veis 18,00 pontos, somando notas 9,17 e 8,83.

Depois, Mateus disputou o √ļltimo confronto do dia e repetiu a dose, derrotando o australiano Caleb Tancred e o peruano Jhonny Guerrero por um pontinho a menos, computando as notas 8,67 e 8,33 das suas melhores apresenta√ß√Ķes e ainda descartando um 8,07. Mateus se destacou na abertura da Tr√≠plice Coroa Havaiana com o surpreendente vice-campeonato na final do QS 10000 Hawaiian Pro em Haleiwa Beach, vencida pelo experiente Joel Parkinson. Do Hava√≠, partiu para Taiwan para tentar o t√≠tulo mundial Pro Junior da World Surf League.

Mateus Herdy after his Round 3 Heat at the 2018 Taiwan Open World Junior Championships at Jinzun Harbour, Taiwan. .Mateus Herdy WSL / Jack Barripp

"O vento l√° fora est√° perfeito para voar e eu adoro isso", disse Mateus Herdy. "As condi√ß√Ķes est√£o muito boas para mandar os a√©reos e isso √© √≥timo para mim. Estou muito feliz em surfar nas baterias com estas condi√ß√Ķes e tamb√©m por ter passado para as quartas de final. Estou focado em seguir assim at√© a final. Vendo o que o t√≠tulo Pro Junior fez nas carreiras de Adriano de Souza e Gabriel Medina, que depois foram campe√Ķes mundiais no CT, √© realmente a minha inspira√ß√£o para participar desse evento e espero iniciar esse caminho deles aqui".

O catarinense vai disputar a √ļltima quarta de final com o japon√™s Yuji Nishi, que tamb√©m vem acertando os a√©reos que tem arriscado e conseguindo notas excelentes em suas baterias. Como Samuel Pupo est√° na primeira bateria, existe a possibilidade do Taiwan Open of Surfing ser encerrado com uma final brasileira in√©dita na hist√≥ria do Mundial Pro Junior, iniciada em 1998. O Brasil √© recordista com sete t√≠tulos nas dezenove edi√ß√Ķes j√° disputadas. O √ļltimo foi conquistado pelo carioca Lucas Silveira em 2015 em Portugal.

Eduardo Motta in Round 3 Heat 8 of the 2018 Taiwan Open World Junior Championships at Jinzun Harbour, Taiwan. Eduardo Motta WSL / Jack Barripp

Os dois brasileiros foram os √ļnicos sul-americanos que passaram para as quartas de final no s√°bado. O paulista Eduardo Motta e o peruano Jhonny Guerrero ainda venceram suas baterias pela terceira fase, por√©m foram eliminados na rodada de confrontos formados por tr√™s competidores, classificando os dois primeiros colocados. Os dois ficaram empatados em nono lugar no ranking mundial Pro Junior de 2018 da World Surf League.

Eduardo Motta despachou o australiano Callum Robson com a nota 8,33 da sua melhor apresenta√ß√£o em Taiwan. Mas, depois n√£o achou boas ondas na terceira batalha por vagas nas quartas de final. O indonesiano Rio Waida venceu por 16,17 pontos, o japon√™s Yuji Nishi passou em segundo com 15,57 e o brasileiro ficou em √ļltimo com apenas 9,83.

Jhonny Guerrero in Round 4 Heat 4 of the 2018 Taiwan Open World Junior Championships at Jinzun Harbour, Taiwan. Jhonny Guerrero WSL / Tim Hain

O peruano Jhonny Guerrero tamb√©m passou pela terceira fase, derrotando o norte-americano Tyler Gunter. Por√©m, saiu da briga pelo t√≠tulo mundial no √ļltimo confronto do s√°bado em Jinzun Harbour, vencido pelo catarinense Mateus Herdy. Na disputa pela √ļltima vaga nas quartas de final, o australiano Caleb Tancred superou o peruano por 13,00 a 9,00 pontos.

World Surf League
Download it for free on the App store. Download it for free on Google Play.
Download
Download