WSL / Thomas Bennett
NewsBurton Automotive ProMiguel Tudela

Brasil é maioria nas finais do QS 6000 de Newcastle

O potiguar Jadson André segue defendendo a liderança do ranking do WSL Qualifying Series conquistada com a vitória no Oi Hang Loose Pro Contest em Fernando de Noronha no segundo QS 6000 do ano na Austrália. A maioria dos classificados para as oitavas de final do Burton Automotive Pro na sexta-feira é do Brasil com cinco surfistas, Jadson, os paulistas Deivid Silva, Miguel Pupo, Alex Ribeiro e o capixaba Krystian Kymerson. O peruano Miguel Tudela também continua na briga do título do tradicional Surfest Newcastle, mas no feminino nenhuma sul-americana avançou para as oitavas de final do QS 6000 Holmes Civil Developments Pro.

Tatiana Weston-Webb (HAW) is eliminated from the 2018 Beachwaver Maui Pro with an equal 9th finish after placing second in Quarterfinal Heat 3 at Honolua Bay, Maui, Hawaii, USA. Tatiana Weston-Webb WSL / Kelly Cestari

Os homens competiram na quarta fase entre duas rodadas das meninas, que abriram e fecharam a sexta-feira de boas ondas de 3 pés em Merewether Beach. A brasileira Tatiana Weston-Webb passou a sua primeira bateria, mas depois foi barrada pelas australianas Bronte Macaulay e Holly Wawn na terceira batalha por vagas nas oitavas de final. A equatoriana bicampeã sul-americana Dominic Barona, já tinha sido eliminada na primeira, pela australiana Isabella Nichols e a havaiana Malia Manuel, com ambas terminando em 17.o lugar no QS 6000 de Newcastle, marcando 1.050 pontos no ranking.

A peruana Melanie Giunta e a argentina Josefina Ané perderam nas baterias restantes da terceira fase que abriram a sexta-feira. Elas ficaram em terceiro lugar nas suas baterias e empatadas na 25.a posição com 700 pontos. Na quarta fase masculina, o Brasil sofreu duas baixas. A primeira foi Caio Ibelli na bateria 100% paulista que classificou Miguel Pupo e Deivid Silva. A outra foi o atual campeão mundial Pro Junior da World Surf League, Mateus Herdy. O catarinense foi barrado pelo japonês Hiroto Ohhara e o australiano Caleb Tancred.

Miguel Pupo at the Burton Automotive Pro Miguel Pupo WSL / Thomas Bennett

Mesmo assim, os brasileiros se destacaram nas ondas de Merewether Beach mais uma vez e garantiram maioria entre os dezesseis finalistas com cinco surfistas, contra apenas três australianos, dois norte-americanos, um peruano, um francês, um italiano, um sul-africano, um japonês e um da Costa Rica. O peruano Miguel Tudela enfrentou dois australianos na primeira bateria e conseguiu a classificação por somente três centésimos de diferença em sua última onda, despachando Jackson Baker por 8,43 a 8,40 pontos. O vencedor foi a promessa do surfe australiano, Jack Robinson, com 11,33 somando 7,33 da sua melhor onda.

Foi a mesma nota que Miguel Pupo recebeu para vencer o confronto brasileiro da sexta-feira. Ele ainda computou um 6,27 para totalizar 13,60 pontos. O novo top do CT, Deivid Silva, também surfou bem uma onda que valeu 6,77 para passar em segundo com 12,10 contra 10,03 de Caio Ibelli, que ficou em 17.o lugar no Burton Automotive Pro. Deivid Silva vai disputar a primeira vaga para as quartas de final com Jack Robinson e Miguel Pupo fará um confronto sul-americano com o peruano Miguel Tudela na segunda bateria.

Deivid Silva at the Burton Automotive Pro Deivid Silva WSL / Thomas Bennett

A dobradinha brasileira de Miguel Pupo e Deivid Silva se repetiu na disputa seguinte com o potiguar Jadson André e o capixaba Krystian Kymerson despachando o havaiano Joshua Moniz. Jadson usou os aéreos para ganhar a segunda maior nota do dia, 7,83, que só foi ultrapassada pelo recordista absoluto da quarta fase, Carlos Muñoz. O costa-ricense tirou uma nota 8,00 na melhor apresentação da sexta-feira e atingiu 14,07 pontos, sendo o único a superar os 13,60 de Miguel Pupo.

O próximo oponente do líder do ranking, Jadson André, é o sul-africano Beyrick De Vries. Eles vão se enfrentar na terceira oitava de final e Krystian Kymerson entra na quarta com o norte-americano Tanner Gudauskas. O irmão de Tanner, Patrick Gudauskas, será o adversário do brasileiro que venceu a última disputa por vagas nas oitavas de final. O paulista Alex Ribeiro derrotou o francês Charly Quivront e o espanhol Vicente Romero na bateria que fechou a participação masculina na sexta-feira, enquanto Patrick passou junto com o recordista Carlos Muñoz.

Miguel Tudela at the Burton Automotive Pro Miguel Tudela WSL / Thomas Bennett

Acompanhem a transmissão ao vivo das etapas masculina e feminina do QS 6000 do Surfest Newcastle pelo www.worldsurfleague.com. A primeira chamada para as oitavas de final das duas categorias foi marcada para as 5h30 do sábado na Austrália, 16h30 da sexta-feira no fuso horário de Brasília.

World Surf League
Download it for free on the App store. Download it for free on Google Play.
Download
Download