NewsOi Rio Pro

Lucas Silveira entra na vaga de Kelly Slater no Oi Rio Pro 2016

Kelly Slater greets fans after winning his do-or-die Round 2 heat at Bells. Kelly Slater WSL / Ed Sloane

Alegando motivos pessoais, o norte-americano Kelly Slater comunicou a World Surf League no domingo que não vem ao Brasil esse ano participar do Oi Rio Pro apresentado pela Corona no Rio de Janeiro. Para substituir o surfista mais velho da elite com 44 anos de idade, foi chamado o atual campeão mundial Pro Junior, Lucas Silveira, carioca de 20 anos que ia disputar a triagem organizada pela Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro nesta segunda-feira na Praia de Grumari. Com a desistência do onze vezes campeão mundial, sobe para quatorze o número de brasileiros que vai disputar o título do quarto desafio do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour 2016, que começa nesta terça-feira em Grumari.

Lucas Silveira (BRA) Lucas Silveira (BRA) WSL / Damien Poullenot/ Aquashot

Com a saída de Kelly Slater, as baterias do Oi Rio Pro foram modificadas e a primeira fase classificatória ficou assim:

1.a: Filipe Toledo (BRA), Kanoa Igarashi (EUA), Dusty Payne (HAV)

2.a: Gabriel Medina (BRA), Stu Kennedy (AUS), Leonardo Fioravanti (ITA)

3.a: Julian Wilson (AUS), Davey Cathels (AUS), Deivid Silva (BRA)

4.a: Italo Ferreira (BRA), Miguel Pupo (BRA), Bino Lopes (BRA)

5.a: Matt Wilkinson (AUS), Jadson André (BRA), vencedor da triagem ou Lucas Silveira

6.a: Adriano de Souza (BRA), Keanu Asing (HAV), vencedor da triagem ou Lucas Silveira

7.a: Nat Young (EUA), Michel Bourez (TAH), Alex Ribeiro (BRA)

8.a: Jordy Smith (AFR), Conner Coffin (EUA), Jack Freestone (AUS)

9.a: Jeremy Flores (FRA), Josh Kerr (AUS), Adam Melling (AUS)

10: Kolohe Andino (EUA), Wiggolly Dantas (BRA), Ryan Callinan (AUS)

11: Sebastian Zietz (HAV), Adrian Buchan (AUS), Alejo Muniz (BRA)

12: Caio Ibelli (BRA), John John Florence (HAV), Matt Banting (AUS)

The new structures for the Oi Rio Pro at Postinho, taking shape Saturday, May 7. Postinho - Oi Rio Pro WSL

O prazo do Oi Rio Pro 2016 apresentado pela Corona começa nesta terça-feira e vai até 21 de maio no Rio de Janeiro. Nos primeiros dias, a etapa brasileira da World Surf League vai acontecer na Praia de Grumari, pois a estrutura principal construída no Postinho da Barra da Tijuca teve toda sua base condenada pela série de ressacas que atingiram a orla carioca nas últimas semanas. Mas, a arena do Postinho vai funcionar todos os dias com atividades dos patrocinadores do evento para o público, inclusive com telões na praia passando a transmissão ao vivo do evento.

Grumari, the new primary site for the Oi Rio Pro. Grumari WSL

ACESSO A GRUMARI - O Parque Natural Municipal de Grumari já costuma ter o acesso controlado pelos órgãos governamentais do Rio de Janeiro. No período de realização do Oi Rio Pro, de 10 a 21 de maio, será utilizado o mesmo sistema aplicado na "Operação Verão" da capital carioca. A prioridade de entrada será para os atletas e seus acompanhantes, staff técnico e imprensa. Quando completar o limite de 600 carros do estacionamento de Grumari, a cancela no início da estrada será fechada para automóveis.

A Grumari gem just west of Barra da Tijuca, in Rio de Janeiro. Grumari WSL / @ivan serpa & @yuneskhader/@altasproducoes

A partir daí, só poderá entrar a pé, de bicicleta ou nos micro-ônibus que a organização do Oi Rio Pro vai disponibilizar para o público. Eles sairão do estacionamento do Recreio Shopping, próximo do ponto do BRT no Recreio dos Bandeirantes, quando completarem 22 passageiros, em viagens de ida e volta durante todos os dias do evento. O transporte terá capacidade e horário limitado (das 8 às 11 horas da manhã no trecho Recreio-Grumari e das 14 às 18 horas no trecho Grumari-Recreio).

Oi Rio Pro apresentado por Corona será realizado com patrocínio da Oi, Samsung, Jeep, Go Pro, Airbnb, Riotur, Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro, Visit.Rio, Governo do Estado do Rio de Janeiro pela Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, Furnas e Guaraná Antarctica. O Oi Rio Pro será transmitido ao vivo pelo www.worldsurfleague.com e pelo canal ESPN+.

×
World Surf League
Official App
Free – Google Play
Get it