NewsLos Cabos Open of Surf

Silvana Lima e Dominic Barona entram no G-6 no QS 6000 do México

Winner Bronte Macaulay (AUS) and runner-up Dominic Barona (ECU) Bronte Macaulay e Dominic Barona WSL / Marenelmar

A equatoriana Dominic Barona ficou muito perto de conquistar a sua primeira vitória em etapas importantes do WSL Qualifying Series. Ela perdeu o título do QS 6000 Los Cabos Open of Surf com a onda surfada no último minuto pela australiana Bronte Macaulay, que valeu nota 8,17 para virar o placar para 14,67 a 13,90 pontos. Mesmo com o vice-campeonato, Dominic Barona botou o Equador na lista provisória das seis surfistas que se classificam para a elite das top-17 do Samsung Galaxy World Surf League Championship Tour. A campeã Bronte Macaulay e a brasileira Silvana Lima, derrotada nas semifinais pela equatoriana, também ingresssaram no G-6 com seus resultados nas ondas de Zippers Beach, na Costa Azul de San Jose del Cabo, no México.

"Eu estou muito feliz por ter conseguido chegar na final deste evento. Foi realmente um sonho se tornando realidade", disse Dominic Barona. "Eu sabia que poderia vencer o campeonato, mas cometi alguns erros na bateria que me custaram o título. Mesmo assim, eu sou muito grata à Deus por ter tido essa oportunidade de estar aqui entre amigas e fazendo o que eu mais amo. Eu acho que isso é o mais importante para mim".

Bronte Macaulay (AUS) Bronte Macaulay WSL / Marenelmar

A grande final começou meio lenta, mas terminou de forma emocionante com as ondas surfadas nos últimos minutos pelas duas competidoras. Dominic Barona largou na frente com notas 5,00 e 5,63, contra 4,17 e 6,17 de Bronte Macaulay. A equatoriana achou uma onda abrindo a parede para fazer mais manobras e recebeu 7,33, com a australiana respondendo com 5,43. Mas, Bronte reagiu nos minutos finais e acabou conquistando a vitória nas duas últimas ondas que surfou. A penúltima valeu 6,50 e depois tirou a maior nota da bateria, com o 8,17 garantindo a vitória de virada por 14,67 a 13,90, pois a última da equatoriana foi 6,57.

"Eu fiquei muito contente por ter vindo aquela onda no final e estou na Lua agora de tanta felicidade por ganhar este evento", disse Bronte Macaulay, que vem substituindo a contundida Lakey Peterson (EUA) nas etapas do CT esse ano. "É realmente emocionante você pegar uma onda como essa no minuto final e conseguir a pontuação que você precisava pra vencer. Nem posso acreditar que ganhei meu primeiro QS 6000 e estes pontos são muito valiosos. O último QS que disputei foi em fevereiro e é até estranho isso, mas venho competindo direto e a experiência no CT tem me ajudado muito para vencer essas meninas incríveis".

Silvana Lima (BRA) earned a Semifinal appearance with her progressive and powerful surfing. Silvana Lima WSL / Marenelmar

Outra grande apresentação da única surfista do Equador a competir no Circuito Mundial da World Surf League, foi na semifinal sul-americana com a brasileira Silvana Lima. A cearense vinha sendo o grande destaque da competição, principalmente pelos aéreos que já fazem parte do seu repertório de manobras para tirar maiores notas dos juízes, pois poucas meninas se arriscam a voar nas baterias. Não entraram muitas ondas boas para elas neste confronto e Dominic Barona acabou levando a melhor por conseguir somar duas notas na casa dos 6 pontos no placar encerrado em 13,60 a 10,67 pontos.

"Eu quase não venho aqui para o México para participar deste evento por não ter patrocínio", contou Dominic Barona. "Eu tive que vender algumas pranchas para juntar dinheiro e a Ecuasol me ajudou bastante também para poder disputar esse campeonato. Estou feliz por estar aqui, mas está sendo muito difícil para as meninas da América Latina competirem sem apoio e espero que isso mude logo. São esses tipos de desafios que fazem você perseguir seus sonhos e seguir em frente na vida".

Tatiana Weston-Webb (HAW) will look to better her Quarterfinal result here at Los Cabos next week at the Copa El Salvador Impresionante -- another righthand pointbreak she can delve into on her backhand. Tatiana Weston-Webb WSL / Marenelmar

Silvana Lima já havia ingressado na zona de classificação para o CT 2017 quando ganhou o confronto direto por vaga no G-6 com a australiana Keely Andrew nas quartas de final. Foi uma das baterias mais disputadas do QS 6000 Los Cabos Open of Surf, com ambas surfando boas ondas para computar notas no critério excelente no resultado apertado de 16,50 a 16,10 pontos a favor da brasileira. A cearense saltou do 22.o para o sexto lugar no ranking com os 3.550 pontos conquistados pelo terceiro lugar no México. No ano passado, ela foi vice-campeã desta etapa e a campeã também foi eliminada na disputa seguinte.

Nikki Van Dijk defendia o título, mas não achou as ondas no duelo australiano com Bronte Macaulay para tentar o bicampeonato. No entanto, se manteve na liderança do ranking do WSL Qualifying Series, com 2.000 pontos de vantagem sobre a nova vice-líder que a derrotou nas semifinais desta vez. Com os 6.000 pontos da vitória no México, Bronte Macaulay subiu da 15.a para a segunda posição e a vice-campeã, Dominic Barona, saiu da 36.a para a sétima colocação. A equatoriana no momento está fechando o G-6 porque a havaiana Malia Manuel, em terceiro lugar, vai garantindo sua permanência na elite das top-17 entre as dez que são mantidas pelo ranking da divisão principal da World Surf League.

Defending champion and current No. 1 on the Women's QS rankings, Nikki Van Dijk (AUS) looked poised for another final but Bronte Macaulay (AUS) out-performed her in one of the slower heats on hand. Nikki Van Dijk WSL / Marenelmar

Outra sul-americana que ganhou posições no ranking foi a peruana Melanie Giunta. Ela foi barrada pela havaiana Brisa Hennessy e por Chelsea Tuach, de Barbados, na última fase do sábado, que definiu as classificadas para as oitavas de final que abriram o domingo decisivo do QS 6000 Los Cabos Open of Surf. Mesmo assim, com os 1.050 pontos recebidos pelo 17.o lugar no México, Melanie Giunta saltou do 75.o para o quinquagésimo lugar na classificação geral das quinze etapas completadas no domingo em San Jose Del Cabo.

PRÓXIMO QS 6000 - A próxima já começa nesta terça-feira em El Salvador na América Central e também terá status máximo, valendo 6.000 pontos para o ranking do WSL Qualifying Series. O QS 6000 Copa El Salvador Impresionante será disputado nas ondas de Punta Roca, em La Libertad, El Salvador, até o próximo domingo, podendo provocar grandes movimentações no ranking como no QS 6000 do México, que mudou metade do G-6. Bronte Macaulay, Dominic Barona e Silvana Lima entraram na lista, tirando as vagas das australianas Philippa Anderson e Georgia Fish e da francesa Maud Le Car.

×
World Surf League
Official App
Free – Google Play
Get it