Ballito Pro - Men's

Brasil já tem dois garantidos nas oitavas do QS 10000 Ballito Pro

WSL South America

Bino Lopes placing second in Heat 5 of the Round of 24 in Ballito Pro Presented by Billabong QS10000. Bino Lopes - WSL / Kelly Cestari

Isto porque a segunda bateria classificatória ficou 100% verde-amarela com os resultados da quinta-feira de boas ondas em Willard Beach, com o paulista David do Carmo, o cearense Michael Rodrigues e o capixaba Krystian Kymerson. Na primeira, serão dois lutando por duas vagas contra o francês Jeremy Flores da elite da World Surf League, o paulista Deivid Silva na briga direta pela liderança do WSL Qualifying Series e o cearense Messias Felix. O baiano Bino Lopes completa a lista dos seis brasileiros que já passaram para a fase dos 24 melhores do Ballito Pro e o pernambucano Luel Felipe ainda vai disputar classificação na segunda bateria da sexta-feira na África do Sul.

Os dois últimos confrontos da terceira fase ficaram para abrir o próximo dia e um dos adversários do brasileiro é o líder do ranking, Leonardo Fioravanti, único surfista da Itália no Circuito Mundial da World Surf League. Os outros também são da Europa, o português Frederico Morais e o francês Maxime Huscenot. Esta será a última bateria formada por quatro competidores, pois na rodada seguinte serão três em cada disputando duas vagas para as oitavas de final, quando os duelos passam para o sistema homem a homem, que prossegue até a decisão do título do QS 10000 da África do Sul.

Krystian Kymerson winning Heat 2 of the Round of 24 in Ballito Pro Presented by Billabong QS10000. Krystian Kymerson - WSL / Kelly Cestari

Os brasileiros vêm abrindo todas as fases do Ballito Pro com vitórias. O jovem Victor Bernardo ganhou a primeira bateria do campeonato e depois encontrou com o também paulista David do Carmo e o cearense Messias Felix na rodada seguinte, quando foi eliminado pelos dois, junto com o português Vasco Ribeiro. Na quinta-feira, a terceira fase começou com três paulistas enfrentando o surfista de Guadalupe, Charles Martin, com Deivid Silva passando em primeiro lugar, David do Carmo em segundo e Jessé Mendes saindo da disputa pelos primeiros 10.000 pontos do ano no WSL Qualifying Series.

Com a classificação para a fase dos 24 melhores, Deivid Silva acabou assumindo a vice-liderança no ranking, pois o dono da posição, Dion Atkinson, da Austrália, e o terceiro colocado que também estava à sua frente, Evan Geiselman, dos Estados Unidos, perderam na quinta-feira. Deivid já havia estreado na quarta-feira se classificando junto com Michael Rodrigues, agora vai disputar as duas primeiras vagas para as oitavas de final com o também cearense Messias Felix e o francês Jeremy Flores, uma das estrelas do CT no Ballito Pro esse ano.

Messias Felix placed third in Heat 1 of the Round of 24 in Ballito Pro Presented by Billabong QS10000. Messias Felix - WSL / Kelly Cestari

O bicampeão brasileiro Messias Felix e Michael Rodrigues fizeram uma dobradinha cearense sobre dois norte-americanos na quinta-feira, Ian Crane e o veterano Tim Reyes. E o capixaba Krystian Kymerson bateu até Jeremy Flores para garantir outra vitória brasileira nas três baterias que abriram a fase dos 48 melhores na África do Sul. Depois, vieram algumas derrotas, como as do catarinense Tomas Hermes e dos paulistas Hizunomê Bettero e Alex Ribeiro, que acabou perdendo para o baiano Bino Lopes a briga pela segunda vaga na bateria vencida pelo havaiano Ezekiel Lau.

Campeão da primeira edição do QS 1500 Praia do Forte Pro na Bahia, Bino Lopes será o único brasileiro que vai competir sozinho contra dois estrangeiros na quarta fase, o australiano Stu Kennedy e o norte-americano Patrick Gudauskas. Já Alex Ribeiro foi o único dos quatro integrantes da "seleção brasileira" do CT que competiram em Ballito a estrear com vitória na quarta-feira. O catarinense Alejo Muniz, campeão desta etapa no ano passado, foi barrado em sua primeira defesa do título no último confronto do dia. Antes, já tinham perdido o paulista Caio Ibelli também para Bino Lopes e o potiguar Jadson André, eliminado junto com o argentino Santiago Muniz que ocupava a última posição no G-10 do WSL Qualifying Series.

David do Carmo placed third in Heat 2 of the Round of 24 in Ballito Pro Presented by Billabong QS10000. David do Carmo - WSL / Kelly Cestari

Com a derrota prematura, o irmão mais jovem de Alejo Muniz saiu da zona de classificação para a elite dos top-34 da World Surf League e no momento Deivid Silva é o único brasileiro e sul-americano na lista. Santiago já foi ultrapassado por oito surfistas na quinta-feira e o norte-americano Tanner Gudauskas também caiu do G-10, com os australianos Cooper Chapman e Ethan Ewing passando a ocupar suas vagas no momento. Mas, a batalha continua e a relação pode sofrer alterações ainda até o término da etapa mais importante do ano no ranking de acesso para o CT.

×
World Surf League
Official App
Free – Google Play
Get it