NewsHuanchaco Repalsa Longboard Pro

Huanchaco Repalsa Longboard Pro volta a definir os campeões sul-americanos no Peru

Um dos campeonatos mais tradicionais da modalidade que resgata o início da prática do surfe, volta a ser disputado no Peru esse ano. O Huanchaco Repalsa Longboard Pro Peru vinha decidindo os títulos sul-americanos da WSL South America até 2015 e retorna agora para realizar sua sétima edição nos dias 27 a 29 de julho nas ondas de El Elio, no balneário de Huanchaco, em Trujillo, norte do Peru. As inscrições para o evento organizado pelo Club Deportivo Olas Norte com patrocínio da Caja Trujillo e Cerveja Corona, seguem abertas pelo sistema online do www.wslsouthamerica.com e grandes estrelas dos pranchões, como os bicampeões mundiais Piccolo Clemente e Phil Rajzman, voltarão a competir no Peru.

Phil Rajzman at the 2014 Huanchaco Repalsa Longboard Pro. Phil Rajzman WSL

O peruano Piccolo Clemente tem um retrospecto impressionante em casa. Ele e a brasileira Atalanta Batista conquistaram o bicampeonato sul-americano em 2014 e 2015, ganhando as duas últimas edições do Huanchaco Repalsa Longboard Pro Peru. Foram os dois únicos anos com competição feminina e a pernambucana está invicta nas ondas de El Elio. Já o peruano foi finalista em incríveis cinco das seis edições do Mundial de Huanchaco. A única vez que não decidiu o título foi em 2013, no ano que conquistou o seu primeiro troféu de campeão mundial da World Surf League na China.

Todas as finais foram contra brasileiros e o placar está 3 a 2 para o peruano. Na primeira em 2010, foi derrotado por Rodrigo Sphaier. Na segunda, em 2011, conseguiu a primeira vitória contra Danilo Rodrigo. Em 2012, voltou a perder, para Jeferson da Silva. Em 2013 parou na terceira fase e Rodrigo Sphaier conquistou seu segundo título na final com o atual campeão mundial, Phil Rajzman, que também chegou na decisão em 2014 com Piccolo Clemente. Foi a vez do peruano festejar sua segunda vitória em Huanchaco e o inédito tricampeonato veio no ano seguinte, contra Augusto Olinto.

Atalanta Batista winning the 2014 Huanchaco Repalsa Longboard Pro. Atalanta Batista WSL

Além de apontar os campeões regionais da WSL South America, o Huanchaco Repalsa Longboard Pro Peru, Copa Gerdau e Sider Peru, também vai definir os representantes da América do Sul na decisão dos títulos mundiais de 2017, na segunda e última etapa do World Surf League Longboard Championship Tour, em novembro na Ilha Taiwan. A brasileira Chloé Calmon ganhou a primeira em Papua Nova Guiné e largou na frente na busca por um inédito título feminino de uma surfista da América do Sul nos pranchões. E na competição masculina, Piccolo Clemente foi o sul-americano mais bem colocado, em quinto lugar.

O Huanchaco Repalsa Longboard Pro Peru é um dos eventos mais tradicionais da modalidade no mundo e sempre atraiu competidores de outros continentes, vindos da América do Norte, Europa, África e Oceania. Ele estava inicialmente programado para acontecer em abril, porém, devido ao estado de emergência em várias cidades do norte do Peru, por conta das chuvas e deslizamentos de terra semanas antes da data, foi transferido para os dias 27 a 29 de julho.

Lucas Garrido Lecca at the Huanchaco Repalsa Longboard Pro presented by Claro and Samsung. Lucas Garrido Lecca WSL / Susu Nasser

Além do patrocínio da Cerveja Corona e Caja Trujillo, o Huanchaco Repalsa Longboard Pro Peru 2017, Copa Gerdau and Sider Peru, organizado pelo Club Deportivo Olas Norte, também contará com o apoio da KVC Contratista, Kapricornio Constructora, ACPSAC Avanti Grupo Inmobiliario, P&G Group, Deutsch, Suplemente El Hincha, Malak, Moreno Linch Constructora, Costa Gas, Casa Verde, Quiver Surboard, Bar Insta, Razzeto, Amazon Terra Açai, Lunafer S.A.C Mineria y Construccion, Onechako Surf School, 3HP Surfboard, Karcher Clean Park, Olas Norte Surf Trips and Hostal e com agradecimento da Claro.

×
World Surf League
Official App
Free – Google Play
Get it