NewsRip Curl Pro Bells Beach

Segunda-feira de apenas seis baterias no Rip Curl Pro Bells

A segunda-feira foi mais um dia de ondas difíceis para competir em Bells Beach. A terceira fase masculina até chegou a ser iniciada, mas foi interrompida após a sexta bateria, quando as condições já estavam bastante deterioradas pela ação do vento. O dia acabou começando e terminando com dois favoritos ao título do Rip Curl Pro sendo eliminados. O campeão do ano passado, Jordy Smith, perdeu a primeira bateria para o novato australiano, Wade Carmichael. E na última, caiu Julian Wilson que estreava com a lycra amarela de número 1 do Jeep Leaderboard, barrado pelo americano Patrick Gudauskas numa bateria quase sem ondas.

Jesse Mendes of Brazil placed second in Heat 3 of Round 3 at the Rip Curl Pro, Bells Beach, 2018. Jesse Mendes WSL / Ed Sloane

Apenas um brasileiro competiu e o paulista Jessé Mendes só teve duas oportunidades de mostrar o seu surfe na terceira bateria do dia. O australiano Owen Wright pegou as melhores e somou duas notas na casa dos 7 pontos para vencer com o maior placar do dia, 15,14 a 10,33 pontos. Owen vai participar da primeira batalha por duas vagas nas quartas de final, com o também australiano Wade Carmichael e o taitiano Michel Bourez.

Os outros três que já se classificaram foram os australianos Mick Fanning e Matt Wilkinson, além do californiano Patrick Gudauskas, que barrou o líder do ranking, Julian Wilson, na bateria que acabou sendo a última do dia. Os três vão disputar o segundo confronto da quarta fase, valendo mais duas vagas para as quartas de final. A bateria seguinte seria a do bicampeão mundial John John Florence com o também havaiano Ezekiel Lau, que ficou para as 7h00 da terça-feira na Austrália, 17h00 da segunda-feira no fuso horário de Brasília.

Mick Fanning of Australia won Heat 5 of Round 3 at the Rip Curl Pro, Bells Beach, 2018. Mick Fanning WSL / Ed Sloane

JEEP LEADERBOARD - Com a eliminação em 13.o lugar no Rip Curl Pro Bells Beach, seis surfistas têm chances matemáticas de superar os 11.665 pontos que Julian Wilson ficou no ranking. Quem está mais próximo de lhe tirar a lycra amarela do Jeep Leaderboard é o também australiano Adrian Buchan, vice-campeão na final contra ele na Gold Coast. Ele consegue isso se passar para as quartas de final, ou seja, tem que passar duas fases em Bells Beach.

O brasileiro Filipe Toledo entra na briga e ultrapassa Julian Wilson se chegar na final, mesma possibilidade para o australiano Owen Wright e o taitiano Michel Bourez, que já passaram para a quarta fase. Os outros dois concorrentes para assumir a liderança na corrida do título mundial são os campeões mundiais Mick Fanning e Adriano de Souza, que só superam a pontuação de Julian Wilson se voltarem a vencer o Rip Curl Pro Bells Beach.

Filipe Toledo will compete in round 2 after being defeated by Griffin Colapinto in Heat 1 of Round 1 in the 2018 Ripcurl Pro Bells Beach at Winkipop, Victoria, Australia Filipe Toledo WSL / Jack Barripp

BRASILEIROS - Filipe e Mineirinho estão entre os outros cinco brasileiros que passaram para a terceira fase e estão escalados nestas seis baterias adiadas na segunda-feira. O campeão mundial Adriano de Souza está na nona com o americano Conner Coffin. Depois, acontecem os dois duelos verde-amarelos, entre Filipe Toledo e Italo Ferreira na décima bateria e Gabriel Medina com Willian Cardoso na 12.a e última da terceira fase.

World Surf League
Download it for free on the App store. Download it for free on Google Play.
Download
Download