NewsUluwatu CT - Women's

Mineirinho e Willian também vencem em Margaret River

O campeão mundial Adriano de Souza e o catarinense Willian Cardoso também passaram direto para a terceira fase do Margaret River Pro, como os paulistas Gabriel Medina e Filipe Toledo no primeiro dia da terceira etapa do World Surf League Championship Tour na Austrália. As vitórias de Mineirinho e Willian foram conquistadas nos primeiros confrontos do sábado de mar difícil para competir em North Point, com poucas ondas entrando para surfar nas baterias. Estreando com a lycra amarela do Jeep Leaderboard, Italo Ferreira foi um dos três que perderam, aumentando para sete o número de brasileiros na repescagem.

Adriano de Souza (BRA) advances directly to Round 3 of the 2018 Margaret River Pro after winning Heat 8 of Round 1 at North Point, Margaret River, WA, Australia. Adriano de Souza WSL / Kelly Cestari

As condições do mar estavam tão inconsistentes, que o maior placar das cinco baterias disputadas no sábado foi 10,25 pontos do australiano Joel Parkinson na última do dia. Adriano de Souza ganhou a primeira, iniciada as 7h15 em North Point, por exatos 5 pontinhos apenas. O catarinense Yago Dora só conseguiu surfar a sua primeira onda quando restavam 3 minutos para o término dos 35 minutos da bateria. Ele ficou em último com 1,60 pontos e o japonês Kanoa Igarashi em segundo lugar com 3,74 nas duas melhores ondas.

O sábado prosseguiu assim e o catarinense Willian Cardoso usou uma tática que deu certo para vencer o segundo confronto do dia. Ele começou pegando ondas mais no inside para somar pontos e depois foi lá para o outside, perto dos outros dois competidores. Willian nem pegou mais ondas, mas ninguém conseguiu superar os 7,53 pontos que tinha totalizado. O australiano Adrian Buchan ficou em segundo com 5,93 e o americano Griffin Colapinto em terceiro com 3,83, com os dois semifinalistas da primeira etapa do CT 2018 na Gold Coast, sendo mandados para a repescagem pelo catarinense.

Rookie Willian Cardoso (BRA) advances directly to Round 3 of the 2018 Margaret River Pro after winning Heat 9 of Round 1 at North Point, Margaret River, WA, Australia. Willian Cardoso WSL / Kelly Cestari

JEEP LEADERBOARD - Mais dois brasileiros entraram na terceira bateria do sábado, com o potiguar Italo Ferreira competindo pela primeira vez com a lycra amarela do Jeep Leaderboard de número 1 no ranking da World Surf League. No entanto, nem ele e nem o cearense Michael Rodrigues, conseguiram achar boas ondas e foram derrotados pelo campeão do Margaret River Pro em 2016, Sebastian Zietz. O havaiano venceu por 5,40 pontos, contra 2,90 de Italo Ferreira e 2,23 de Michael Rodrigues.

DUELOS BRASILEIROS - O potiguar terá agora um duelo brasileiro com o paulista Miguel Pupo na primeira rodada eliminatória em Margaret River. Italo tem que passar para a terceira fase para continuar dividindo a liderança do ranking com o australiano Julian Wilson, que já avançou direto por ter começado com vitória na sexta-feira. Além de Italo e Pupo na quarta bateria, mais dois brasileiros se enfrentarão na 11.a, dois estreantes na elite do CT 2018, o catarinense Tomas Hermes e o paulista Jessé Mendes.

Equal No.1 on the Jeep Leaderboard Italo Ferreira (BRA) will surf in Round 2 of the 2018 Margaret River Pro after placing second in Heat 10 of Round 1 at North Point, Margaret River, WA, Australia. Italo Ferreira WSL / Kelly Cestari

Os outros três brasileiros que também estão na repescagem, vão competir com surfistas de outros países. Dois deles ainda não ganharam nenhuma bateria nas três etapas da "perna australiana" do WSL Championship Tour, o pernambucano Ian Gouveia e o catarinense Yago Dora. Ian está na quinta bateria com o taitiano Michel Bourez e Yago na sétima com o americano Griffin Colapinto. Na oitava, o cearense Michael Rodrigues vai tentar aproveitar a segunda chance de classificação para a terceira fase contra o japonês Kanoa Igarashi.

INÍCIO DO FEMININO - Após o encerramento da primeira fase masculina, começou a rodada inicial feminina do Margaret River Pro ainda na manhã do sábado em North Point. Se as condições do mar estavam difíceis para os homens, imagina para as meninas e a cearense Silvana Lima perdeu a primeira bateria só conseguindo fazer manobras em uma das cinco ondas que tentou surfar. A australiana Sally Fitzgibbons somou duas notas 5,50 para vencer e a havaiana Coco Ho ficou em segundo lugar com 8,84 pontos, contra 5,93 da brasileira.

Johanne Defay FRA Wins Round one heat 6 advances to round three at the 2018 Maragret Rive Pro, Western Australia Johanne Defay WSL / Matt Dunbar

No entanto, assim como na categoria masculina, essa primeira fase não é eliminatória. A diferença é que na feminina, começar com vitória vale passagem direta para a rodada classificatória para as quartas de final, enquanto os homens ainda terão que vencer mais uma bateria para isso. A campeã do Margaret River Pro no ano passado, Sally Fitzgibbons, já está lá e Silvana Lima e Coco Ho terão que tentar aproveitar a segunda chance de passar para a terceira fase na repescagem. A adversária da cearense será a australiana Bronte Macaulay na segunda bateria.

World Surf League
Download it for free on the App store. Download it for free on Google Play.
Download
Download