NewsHeroes de Mayo Iquique Pro

Heroes de Mayo Iquique Pro abre o QS 1500 feminino no Chile

Depois de dois dias só de competição masculina no Chile, na quarta-feira o Heroes de Mayo Iquique Pro abriu a etapa feminina do QS 1500 com as 32 surfistas de oito países estreando nas ondas pesadas de La Punta. A equatoriana Dominic Barona, que lidera o ranking regional da WSL South America com vitórias nas duas primeiras etapas, confirmou o favoritismo, assim como a peruana tricampeã sul-americana Anali Gomez. Elas passaram pelas duas fases que já definiram as quartas de final. Depois, entraram os homens e o chileno Guillermo Satt surfou um tubaço incrível nas direitas de La Punta, que valeu a segunda nota 10 em Iquique.

Dominic Barona - Heroes de Mayo Iquique Pro Dominic Barona WSL / Nicolas Diaz

Mas, a quarta-feira começou pelas meninas e a líder invicta do ranking sul-americano venceu a primeira bateria feminina do QS 1500 Heroes de Mayo Iquique Pro. Depois dos oito confrontos da primeira fase, veio a batalha por vagas nas quartas de final e a equatoriana Dominic Barona manteve a invencibilidade em 2018, derrotando a norte-americana Nicole Fulford, que avançou em segundo lugar, a argentina Flavia Cianciarulo e a peruana Daniela Rosas.

"Esse lugar me encanta muito, me sinto em casa, as pessoas sempre me recebem superbem aqui e estou muito confiante", disse Dominic Barona. "As ondas estão muito boas, estou feliz pela oportunidade de estar aqui e parabéns as pessoas que estão fazendo esse grande evento. É importante para as meninas competirem nesse tipo de onda, que não é comum nos campeonatos, então espero continuar avançando as baterias. Nós temos que estar preparadas para todo tipo de ondas e aqui temos um grande desafio, uma grande oportunidade para as meninas poderem mostrar o seu nível surfando nessas ondas incríveis".

Lorena Fica - Heroes de Mayo Iquique Pro Lorena Fica WSL / Nicolas Diaz

Dominic Barona agora vai defender a liderança do ranking da WSL South America na bateria que vai abrir as quartas de final. Sua adversária será uma das duas chilenas que passaram pelas duas fases disputadas na quarta-feira, Lorena Fica. As chilenas eram maioria entre as inscritas no Heroes de Mayo Iquique Pro com treze surfistas, mas apenas duas continuam na disputa do título. Lorena barrou as brasileiras Tainá Hinckel e Anne dos Santos para se classificar em segundo lugar no confronto vencido pela peruana Anali Gomez.

"Estou muito feliz por passar minhas duas baterias hoje (quarta-feira) e também por ter esse campeonato aqui no norte do Chile, perto da minha casa. Me sinto superconfortável aqui e Iquique é um lugar incrível", disse Lorena Fica. "A onda aqui tem muita qualidade e estar no mar somente com quatro pessoas dentro d´água é quase um sonho, porque aqui sempre tem muita gente surfando todos os dias. Estou contente em seguir representando o Chile nesse evento e espero continuar avançando as baterias".

Anali Gomez - Heroes de Mayo Iquique Pro Anali Gomez WSL / Nicolas Diaz

QUARTAS DE FINAL - Lorena Fica vai encarar a invicta Dominic Barona na briga pela primeira vaga nas semifinais do QS 1500 de Iquique. A segunda será disputada pela tricampeã sul-americana Anali Gomez e pela norte-americana Nicole Fulford. Outra americana entra na terceira quarta de final, Autumn Hays, junto com a peruana Melanie Giunta. E a outra chilena que passou pelas duas fases na quarta-feira, Jessica Anderson, vai disputar a última vaga para as semifinais com a argentina Lucia Indurain.

"Eu estava um pouco nervosa na minha primeira bateria, mas essa onda é espetacular", disse Anali Gomez. "Não estamos acostumadas a competir nesse tipo de onda, mas estou me sentindo muito bem aqui. Pena que o mar baixou um pouco hoje (quarta-feira), os tubos não apareceram muito nas minhas baterias e tive que fazer umas manobras mais verticais para ganhar notas mais altas. Estou feliz por ter avançado para as quartas de final e o campeonato está incrível. Espero que as ondas continuem assim, muito boas, nos próximos dias".

Taina Hinckel - Heroes de Mayo Iquique Pro Taina Hinckel WSL / Nicolas Diaz

TUBO NOTA 10 - Depois da segunda fase feminina, foi iniciada a quarta rodada masculina e os tubos começaram a bombar para os homens em La Punta. O uruguaio Marco Giorgi surfou o primeiro tubaço que valeu nota 8,00 para vencer a primeira bateria, com o português Miguel Blanco avançando em segundo lugar para a rodada classificatória para as quartas de final.

Dois chilenos entraram no confronto seguinte e também acharam bons tubos para surfar. Manuel Selman ganhou uma nota 9,0 no dele, mas o mais incrível foi o do Guillermo Satt, que nem estava se classificando. A onda formou um tubaço muito largo, ele ficou entocado lá dentro com várias placas caindo a sua frente e saiu limpo para arrancar a segunda nota 10 do Heroes de Mayo Iquique Pro.

Guillermo Satt - Heroes de Mayo Iquique Pro Guillermo Satt WSL / Nicolas Diaz

"Eu estava superconcentrado, mas não comecei muito bem, tentei pegar uma esquerda pra aumentar meus pontos, mas tava muito lenta, daí peguei uma direita de 5 pontos e aí fiquei esperando por uma onda boa", contou Guillermo Satt. "Os outros competidores também surfaram boas ondas, o Manuel (Selman) tinha um 9,00, mas eu estava tranquilo e entrou essa onda perfeita, rodou um tubão e tentei ficar o mais profundo possível e Graças a Deus consegui sair. Fiquei muito emocionado e eu sabia que ia sair uma nota alta, então estou muito feliz que os juízes deram um 10 porque o tubo foi realmente incrível".

A única nota 10 tinha sido recebida pelo havaiano Torrey Meister no primeiro dia. Guillermo Satt ganhou a segunda nota máxima e com ela pulou para o primeiro lugar. O norte-americano Skip McCullough estava vencendo e caiu para segundo, com Manuel Selman sendo eliminado junto com o brasileiro Igor Moraes. Na disputa seguinte, os irmãos peruanos, Alonso Correa e Sebastian Correa, despacharam seus adversários e passaram juntos para a disputar vagas nas quartas de final na quinta-feira.

Skip McCullough - Heroes de Mayo Iquique Pro Skip McCullough WSL / Nicolas Diaz

Alonso Correa é o principal candidato a assumir a liderança no ranking sul-americano da WSL South America no Chile. Agora, a disputa pelo título masculino do Heroes de Mayo Iquique Pro só tem doze concorrentes. Eles foram divididos nas quatro baterias da última rodada de confrontos formados por quatro competidores. Os dois primeiros colocados em cada, avançam para as quartas de final, quando os duelos passam para o sistema homem a homem, que será utilizado até a decisão do título do QS 1500 de Iquique no Chile.

World Surf League
Download it for free on the App store. Download it for free on Google Play.
Download
Download