NewsSão Chico Eco Festival

Circuito Sul-americano Pro Junior tem duas etapas confirmadas pela WSL South America

A WSL South America, escritório regional da World Surf League na América do Sul, segue trabalhando para reforçar seu calendário de eventos e anuncia as duas etapas para decidir os títulos sul-americanos de 2018 na categoria Pro Junior, para surfistas com até 18 anos de idade. A primeira é o O´Neill Pro apresentado pela Petroperu nos dias 29 e 30 de setembro em Lobitos, no Peru. A outra é no Brasil, o São Francisco Surf Eco Festival de 5 a 7 de outubro na Prainha de São Francisco do Sul, cidade histórica do norte de Santa Catarina.

Lobitos, Peru. Lobitos, Peru. WSL / Kirfa Lens

Além de decidir os campeões sul-americanos da temporada, esses eventos também servem como seletivas para definir os quatro surfistas e as duas meninas que irão representar o continente na principal competição para as categorias de base no mundo, o World Surf League Junior Championship Tour. No ano passado, os títulos foram decididos e o time sul-americano formado em uma etapa única no Brasil.

O RDS Pro Junior em homenagem a Ricardo dos Santos na Guarda do Embaú, foi patrocinado pelos surfistas profissionais Adriano de Souza, Yago Dora e Lucas Silveira, em homenagem ao big-rider catarinense que morava nessa praia da cidade de Palhoça, em Santa Catarina. Entre os homens, o campeão foi o catarinense Mateus Herdy, mas a surfista local da Guarda do Embaú, Tainá Hinckel, não conseguiu o bicampeonato sul-americano em casa, perdendo a bateria decisiva para a peruana Sol Aguirre.

Sofia Mulanovich - Lobitos, Peru Sofia Mulanovich WSL / Kirfa Lens

No World Surf League Junior Championship Tour de 2017, o vice-campeão sul-americano João Chianca foi melhor do que Mateus Herdy na Austrália. O surfista de Saquarema (RJ) e a catarinense Tainá Hinckel foram até as semifinais e ficaram em terceiro lugar, só perdendo para os campeões mundiais Finn McGill do Havaí e Vahine Fierro do Taiti. Mas, o Brasil ainda é o recordista com sete títulos nas dezenove edições do Mundial Pro Junior da WSL, contra cinco da Austrália, quatro do Havaí, um da África do Sul, um de Portugal e um da França.

SELETIVAS DE 2018 - A batalha pelas vagas no time sul-americano, para a disputa dos títulos mundiais de 2018, será iniciada nas longas e perfeitas esquerdas de Lobitos, no litoral norte do Peru. O O´Neill Pro Junior apresentado pela Petroperu vai reunir a nova geração de surfistas com até 18 anos de idade do continente no último fim de semana de setembro, dias 29 e 30. A etapa peruana terá competições masculina e feminina, mas a do Brasil na semana seguinte, 5 a 7 de outubro em Santa Catarina, será somente para as meninas.

Prainha de São Francisco do Sul Prainha de São Francisco do Sul WSL / Basilio Ruy

O São Francisco Surf Eco Festival faz parte do projeto da ex-surfista profissional Marina Werneck, de fomentar o desenvolvimento do surfe feminino no Brasil e uma das ações é promovendo mais campeonatos para elas. Na Prainha de São Francisco do Sul, ilha localizada no norte de Santa Catarina, as participantes da categoria Pro Junior também terão a chance de competir na prova do WSL Qualifying Series que será realizada na mesma data, valendo pontos para o ranking mundial e para o principal título do continente, o de campeã sul-americana de surfe profissional da WSL South America.

Enquanto as meninas terão duas etapas para disputar o título Pro Junior e as vagas para o Mundial da World Surf League, na categoria masculina tudo pode ser decidido no O´Neill Pro Junior apresentado pela Petroperu em Lobitos, no Peru. A WSL South America ainda trabalha para tentar realizar mais uma etapa com as categorias masculina e feminina no Brasil, para que os meninos também tenham outra chance de lutar pelo título e pelas vagas para o Mundial.

Luel Felipe, Prainha. Luel Felipe WSL / Basilio Ruy
World Surf League
Download it for free on the App store. Download it for free on Google Play.
Download
Download