WSL / Jack Barripp
NewsNoosa Longboard Open

Começa o Circuito Mundial de Longboard da WSL na Austrália

A World Surf League anunciou uma reestruturação na disputa pelos títulos mundiais de Longboard para este ano, realizando um circuito com cerca de quatro etapas somando pontos no ranking que vai definir os campeões da temporada no Taiwan Open Longboard Champs, de 04 a 11 de dezembro na Ilha Taiwan. A primeira delas começou nesta quinta-feira na Austrália e o peruano Lucas Garrido Lecca passou três baterias, sendo o único sul-americano a se classificar para a rodada dos principais cabeças de chave do Noosa Longboard Open. Ele completou a bateria do bicampeão mundial Phil Rajzman, enquanto sete foram eliminados logo no primeiro dia da competição que prossegue até domingo em Queensland.

Noosa First Point Lineup Noosa First Point Lineup WSL / Ben Osborne

O argentino Surfiel Gil perdeu na bateria que abriu oficialmente a temporada 2019 do World Surf League Longboard Championship Tour na quinta-feira. Os norte-americanos Troy Mothershead e Saxon Wilson deixaram ele em 57.o lugar na Austrália e passaram pelas outras duas fases disputadas no primeiro dia. Quem também conseguiu esse feito foi o peruano Lucas Garrido Lecca. Ele estreou na terceira bateria da primeira fase, passando em segundo lugar no confronto vencido pelo australiano Nicholas Brewer. Depois, derrotou seus três adversários, o australiano Anthony Spencer, o japonês Shohei Ogawa e o havaiano Andre Derizans.

Nesta segunda rodada de oito baterias, entraram mais três sul-americanos que não passaram das suas primeiras apresentações nas ondas do First Point de Noosa Heads na quinta-feira. O brasileiro Carlos Bahia ficou em terceiro lugar na sua bateria, enquanto Gabriel Nascimento e o uruguaio Ignacio Pignatario terminaram em último nas deles. Já Lucas Garrido Lecca voltou a competir na terceira fase e derrubou os dois cabeças de chave da bateria, o australiano Ben Considine e o brasileiro Jefson Silva. O peruano passou em segundo, perdendo novamente para o australiano Nicholas Brewer que já o tinha derrotado na primeira fase.

Josh Constable (AUS) advances directly into Round 4, Heat 3 after winning Round 3, Heat 3 at the 2019 Noosa Longboard Festival, Noosa Heads, QLD, Australia Josh Constable WSL / Jack Barripp

Além de Jefson Silva, o igualmente experiente Eduardo Bage também perdeu em sua estreia nesta terceira rodada, para os mesmos norte-americanos Troy Mothershead e Saxon Wilson que tinham barrado o argentino Surfiel Gil na primeira bateria do Noosa Longboard Open. O uruguaio Julian Schweizer, que se destacou na etapa de Taiwan que definiu o campeão mundial de 2018, também não passou da sua estreia na Austrália.

SEXTA-FEIRA - Outros dois brasileiros estão nos dois últimos confrontos desta terceira fase, que ficaram para abrir a sexta-feira em Queensland. Wenderson Biludo está na penúltima, que deve ser iniciada às 6h00 na Austrália, 17h00 da quinta-feira no fuso horário de Brasília. Rodrigo Sphaier entra na próxima, que definirá os dois últimos classificados para a quarta fase, quando entram os principais cabeças de chave do Noosa Longboard Open.

Nic Jones (AUS) advances directly into Round 4, Heat 2 after winning Round 3, Heat 2 at the 2019 Noosa Longboard Festival, Noosa Heads, QLD, Australia Nic Jones WSL / Jack Barripp

Neste seleto grupo de oito surfistas que vão estrear já disputando vagas para as oitavas de final, estão os bicampeões mundiais Phil Rajzman e Piccolo Clemente. O Lucas Garrido Lecca foi para a terceira bateria, encabeçada pelo brasileiro Phil Rajzman e com outro campeão mundial que se classificou na quinta-feira, o australiano Josh Constable. Já o peruano Piccolo Clemente está na sexta com dois australianos, Harrison Roach e Clinton Guest. Dos doze sul-americanos que foram para a Austrália competir no Noosa Longboard Open, restaram apenas cinco, os dois bicampeões mundiais, Lucas Garrido Lecca, Rodrigo Sphaier e Wenderson Biludo.

CATEGORIA FEMININA - A disputa pelo título mundial feminino de 2019 também foi iniciada na quinta-feira, com as quatro baterias da primeira fase. A única sul-americana que competiu foi a argentina Tete Gil, que terminou em último lugar na primeira bateria. Neste primeiro dia, a atração foi a bicampeã mundial Kelia Moniz, havaiana que tinha parado de competir, mas retornou agora, motivada pelo novo circuito da World Surf League, com mais etapas em lugares especiais para a modalidade, como o do tradicional Noosa Longboard Open na Austrália.

Kelia Moniz (HAW) will surf in Round 2, Heat 8 after placing second in Round 1, Heat 4 at the 2019 Noosa Longboard Festival, Noosa Heads, QLD, Australia. Kelia Moniz WSL / Jack Barripp

Kelia Moniz passou em segundo lugar na bateria que fechou a primeira fase e avançou para completar a última da segunda fase, onde está uma das três brasileiras que formam o time sul-americano na Austrália, Monique Pontes. As duas vão enfrentar a também havaiana Mahina Akaka e a americana Avalon Gall. A tricampeã sul-americana Atalanta Batista foi escalada na primeira, com a americana Lola Mignot e as australianas Lucy Small e Kirra Molnar. Já a duas vezes vice-campeã mundial Chloé Calmon estreia na quarta bateria, com a havaiana Sally Cohen, a francesa Norac Poeti e a americana Brooke Carlson.

Nesta rodada, serão definidas as adversárias das oito principais cabeças de chave do Noosa Longboard Open, que entram na competição já disputando classificação para as oitavas de final como na categoria masculina. Fazem parte desta lista as norte-americanas Tory Gilkerson, Lindsay Steiriede, Rachael Tilly, Kaitlin Mikkelsen e a atual campeã mundial Solei Errico, as havaianas Honolua Blomfield e Kirra Seale, além da francesa Alice Lemoigne.

Além destes eventos do World Surf League Longboard Championship Tour (WLC), os praticantes da modalidade disputada em pranchões que resgata o início do esporte, terão as etapas do Longboard Qualifying Series (LQS) organizadas pelos sete escritórios da Liga pelo mundo, como o da WSL South America aqui na América do Sul. Elas continuarão apontando seus campeões regionais, que terão participação garantida nas provas do WLC.

World Surf League
Download it for free on the App store. Download it for free on Google Play.
Download
Download