NewsTaiwan Open World Longboard Champs - Women's

Chloé Calmon brilha na decisão do Mundial de Longboard

A carioca Chloé Calmon começou muito bem a defender a liderança do ranking na etapa que vai decidir os títulos mundiais de Longboard da World Surf League na Ilha Taiwan. Ela estreou fazendo as marcas a serem batidas - nota 9,57 e 17,90 pontos de 20 possíveis - na terceira bateria do domingo de boas ondas de 3-4 pés em Jinzun Harbour. A categoria masculina foi iniciada após a feminina, com mais cinco sul-americanos vencendo suas baterias e passando direto para a terceira fase, os brasileiros Phil Rajzman, Jefson Silva, Jeferson Silva e os peruanos Piccolo Clemente e Lucas Garrido Lecca.

Chloe Calmon on Day 1 of Taiwan Open World Longboard Championship Chloe Calmon WSL / Tim Hain

Entre as meninas, das três participantes da América do Sul no Taiwan World Longboard Championship, apenas a número 1 do ranking, Chloé Calmon, começou com vitória. Ela ganhou a primeira das duas etapas em Papua Nova Guiné e busca um inédito título mundial feminino nos pranchões para o Brasil. Com um incrível retrospecto de 27 pódios em todos os campeonatos que disputou desde 2014, a carioca é grande favorita ao troféu de campeã da World Surf League esse ano. E mostrou isso em sua estreia no domingo, não dando chances para a japonesa Natsumi Taoka e uma das participantes da Ilha Taiwan, Hsiang Yun Shih.

"Este lugar é incrível e nos recebeu com ótimas ondas mais uma vez", disse Chloé Calmon. "Eu consegui manter um bom ritmo na bateria e ganhar uma nota alta no início é sempre bom, pois você pode ficar um pouco mais relaxada dentro d´água. Em Papua Nova Guiné, eu perdi na primeira fase e tive que disputar uma rodada extra, então avançar direto para a terceira fase aqui foi realmente muito bom".

Rachel Tilly on Day 1 of Taiwan Open World Longboard Championship Rachel Tilly WSL / Tim Hain

Diferente de Chloé Calmon, as outras duas sul-americanas terão que passar pela repescagem, que deve ser realizada nesta segunda-feira. A primeira chamada do dia será às 7h00 na Ilha Taiwan, 21h00 do domingo no horário de verão do Brasil. A peruana Maria Fernanda Reyes perdeu a bateria que inaugurou o Taiwan World Longboard Championship para a francesa Alice Lemoigne e também vai abrir a segunda fase, contra a australiana Nava Young.

Já a tricampeã sul-americana Atalanta Batista, ficou igualmente em terceiro lugar na última bateria feminina do domingo contra duas campeãs mundiais. A de 2015, Rachael Tilly, dos Estados Unidos, ganhou a última vaga direta para a terceira fase e a de 2014, Chelsea Williams, da Austrália, ficou em segundo lugar. A pernambucana também vai fechar a repescagem, tentando aproveitar a segunda chance de classificação contra a japonesa Natsumi Taoka, uma das vítimas da ótima apresentação de Chloé Calmon no domingo em Taiwan.

Piccolo Clemente on Day 1 of Taiwan Open World Longboard Championship Piccolo Clemente WSL / Tim Hain

CATEGORIA MASCULINA - A categoria masculina foi iniciada logo após o encerramento da primeira fase feminina, com o francês Edouard Delpero já aumentando os recordes da carioca para nota 9,60 e 17,97 pontos, marcas que ninguém conseguiu ultrapassar no restante do dia. O bicampeão mundial Piccolo Clemente entrou na segunda bateria e a nota 6,5 da sua primeira onda decidiu a vitória apertada, por 10,90 a 10,87 pontos sobre Shohei Akimoto, com outro japonês ficando em terceiro lugar com 7,60, Satoshi Horii.

Depois disso, aconteceram três vitórias brasileiras seguidas na oitava, nona e décima baterias. A série começou com o paulista Jefson Silva batendo o norte-americano Cole Robbins e o havaiano Ned Snow por 13,30 a 12,90 pontos, que seus dois oponentes totalizaram. O atual campeão mundial, Phil Rajzman, dominou o confronto seguinte com os australianos Jack Entwistle e Jared Neal, até confirmar a vitória por 14,33 pontos com a nota 7,50 da sua última onda. E outro competidor do Rio de Janeiro, Jeferson Silva, superou o sul-africano Steven Sawyer e o francês Aurelien Meynieux, da Ilha Reunião, por 13,37 pontos.

Eduardo Delpero on Day 1 of Taiwan Open World Longboard Championship Eduardo Delpero WSL / Tim Hain

Na disputa seguinte, dois sul-americanos estrearam na mesma 11.a bateria e o peruano Lucas Garrido Lecca avançou direto para a terceira fase com as notas 6,33 e 7,07 das suas primeiras ondas. O brasileiro Rodrigo Sphaier ainda conseguiu a maior nota - 7,57 - e acabou somando um 3,80 por não ter achado outra onda boa para surfar. O sul-africano Matthew Moir ficou em último e ambos terão que encarar a primeira repescagem do campeonato.

REPESCAGEM - Além de Rodrigo Sphaier, outro brasileiro perdeu em sua estreia no Taiwan World Longboard Championship, Bage Brayner, por uma pequena diferença de 12,93 a 12,40 pontos para o havaiano Kai Sallas. O primeiro a tentar se recuperar da derrota na primeira fase é Rodrigo Sphaier, escalado na quinta bateria da segunda fase com o japonês Satoshi Horii. Já Bage Brayner vai disputar a última vaga para a terceira fase com o australiano Nic Jones.

World Surf League
Download it for free on the App store. Download it for free on Google Play.
Download
Download