NewsRDS Pro Junior

RDS Pro Jr.: meninos dão show em meio ao frio e ao vento da Guarda do Embaú

Se a sexta-feira na Guarda do Embaú foi de sol e altas ondas, o sábado foi de garoa, frio e vento em torno dos 30 km/h - o que atrapalhou, mas não impediu o RDS Pro Jr. de dar prosseguimento à única seletiva sul-americana para a final do Mundial de Pro Junior na Austrália.

Por conta das condições do tempo, apenas os meninos foram para a água e cumpriram até as oitavas-de-final, igualando assim a condição das meninas. Ou seja: o dia final terá 14 baterias (sete para cada lado) que definirão os quatro meninos e as duas meninas classificados para o Mundial.

Ryan Kainalo - RDS Pro Junior Ryan Kainalo WSL / William Zimmermann

Mesmo com condições não tão ideais, a molecada deu show. Como Ryan Kainalo, de apenas 11 anos - ele desbancou nomes como o favorito Lucas Vicente nas oitavas-de-final e abre o domingo enfrentando o bem mais experiente Mateus Herdy, que voltou a destacar a importância do RDS Pro Jr. para ele e outros surfistas, como Samuel Pupo, também classificado para as quartas.

"A gente (Samuel e eu) só começou a correr o WQS neste ano pela falta de eventos de Pro Junior como o RDS e a gente não quer mais competir como amadores. Na Austrália, na África, existem mais de uma etapa por mês e aqui temos só essa. Por isso a importância. Quero essa vitória", diz Herdy.

Jhonny Guerrero - RDS Pro Junior Jhonny Guerrero WSL / William Zimmermann

Outro destaque vai para o peruano Jhonny Guerrero Yauni, único "estrangeiro" a seguir na luta entre os meninos, uma vez que o badalado Nacho Gundesen, campeão mundial da ISA, caiu logo na segunda rodada. "A onda aqui é muito difícil e dura, ótima para a gente, que precisa encarar todo o tipo de onda possível para aprender. Tracei uma boa estratégia e consegui", comentou Yauni, que pega Eduardo Motta, autor da melhor nota do dia, um 8,5, na segunda bateria das quartas-de-final.

Fechando os confrontos das quartas, Samuel Pupo encara Vitor Ferreira, que travou no round 3 um bom duelo com João Chianca dono da melhor média do dia (15,25) justamente neste round. Chianca enfrentará Cauã Costa na quarta e última bateria das quartas. Com isso, apenas oito dos 51 inscritos seguem na luta e somente quatro deles terão o passaporte carimbado para a Austrália.

×
World Surf League
Official App
Free – Google Play
Get it