WSL / Ricardo Malaver
NewsClaro Open Pro - Copa Tubos

Começa o Claro Open Pro - Copa Tubos QS 3000 no Peru

Os brasileiros começaram muito bem no Claro Open Pro - Copa Tubos QS 3000, iniciado com boas ondas no pointbreak de esquerdas de Señoritas, em Punta Hermosa, no Peru. Eles venceram todas as sete baterias que disputaram das oito da rodada inicial, seis delas com dois se classificando juntos para a segunda fase. O paulista Thiago Camarão foi o destaque, estreando com as marcas a serem batidas nesta semana no QS 3000 do Peru, nota 8,00 na melhor onda surfada em Señoritas e 14,50 pontos. As eliminatórias prosseguiram com as seis primeiras baterias da segunda fase fechando a quarta-feira e continuam a partir das 7h45 da quinta-feira em Punta Hermosa, 9h45 no fuso horário de Brasília.

Weslley Dantas - Claro Open Pro Copa Tubos Weslley Dantas WSL / Ricardo Malaver

O recordista Thiago Camarão, campeão sul-americano da WSL South America em 2017, estreou na quinta bateria do dia, a única 100% brasileira da primeira fase. Ele conseguiu a maior nota - 8,0 - do Claro Open Pro - Copa Tubos QS 3000 na quarta onda que surfou. Depois, pegou outra boa para atingir imbatíveis 14,50 pontos na primeira fase. Camarão estava na Austrália até o último fim de semana, disputando as duas etapas seguidas do QS 6000 e decidiu vir competir no Peru sem ter feito a inscrição dentro do prazo, por isso teve que entrar na primeira fase.

"É sempre bom começar bem qualquer campeonato", disse Thiago Camarão. "Eu vim aqui pro Peru em busca de um bom resultado e para manter o ritmo de competição. Estou bem focado, surfando bem e concentrado para ir bem no evento. Eu não tinha feito a inscrição porque estava meio sem dinheiro, mas acabei fazendo um resultado na Austrália que rendeu um dinheirinho e optei vir para cá".

Thiago Camarão - Claro Open Pro Copa Tubos Thiago Camarão WSL / Ricardo Malaver

Thiago Camarão também falou que a qualidade da onda em Señoritas influenciou na decisão dele: "É muito bom pra gente do QS, que está acostumado a surfar ondas muito ruins como na perna australiana agora que foi bem fraca de ondas, poder surfar num pointbreak como aqui em Señoritas, que é um lugar bem constante. É tudo o que a gente quer e a previsão está muito boa para os próximos dias, então acredito que vai ser um campeonato com altas ondas".

A melhor apresentação do Claro Open Pro - Copa Tubos QS 3000 aconteceu logo após a única bateria da primeira fase sem nenhum brasileiro disputando classificação. Antes, todas foram encerradas com dobradinhas verde-amarelas. Flavio Nakagima e Dunga Neto passaram juntos na primeira bateria do campeonato, assim como Kauê Germano e Luciano Brulher na segunda e Luan Carvalho e Deyvson Santos na terceira.

Stevie Pittman - Claro Open Pro Copa Tubos Stevie Pittman WSL / Ricardo Malaver

Três peruanos foram eliminados nessas e mais um caiu na quarta bateria, Pablo Honke. A vitória foi do norte-americano Stevie Pittman, que duas semanas atrás foi vice-campeão no QS 1500 da Flórida em Cocoa Beach, vencido pelo brasileiro Matheus Navarro. E o único representante de El Salvador, Brian Perez, passou em segundo para a segunda fase.

"É a minha primeira vez no Peru, estou aqui apenas um dia, mas a água é muito boa, é uma região linda e comemos um jantar ótimo ontem (terça-feira) à noite, então estou gostando bastante de conhecer tudo aqui", disse o americano Stevie Pittman. "A onda aqui em Señoritas é superdivertida. É uma esquerda longa e você só precisa escolher as ondas que têm um pouco mais de parede para fazer as manobras. Estou feliz por começar bem o evento".

Javier Swayne - Claro Open Pro Copa Tubos Javier Swayne WSL / Ricardo Malaver

PERUANO CLASSIFICADO - Depois da vitória americana, ainda teve mais duas dobradinhas verde-amarelas, a do Thiago Camarão com Paulo Andrade e do Luan Wood com Ryan Kainalo, quando mais um peruano foi eliminado, Javier Swayne. Mas, na disputa seguinte, Sebastian De Romana salvou a pátria com a única classificação do Peru, despachando o norte-americano Stefano Mesinas em outra vitória brasileira, de Weslley Dantas.

"Não sabia dessa estatística e fico contente, contente pelo Peru por isso", disse Sebastian De Romana. "Foi uma bateria igual, sem grandes notas e eu não tinha conseguido achar boas ondas, mas a última foi a única bonita que peguei e o importante no momento era passar para a próxima fase. Acredito que amanhã (quinta-feira) poderei fazer melhor".

Sebastian Deromana - Claro Open Pro Copa Tubos Sebastian Deromana WSL / Ricardo Malaver

Sebastian De Romana também destacou a estreia do Claro Open Pro - Copa Tubos QS 3000 no Peru: "É um campeonato muito importante para nós, o primeiro da história com esse status QS 3000 aqui no Peru. Vivemos um bom momento, com vários peruanos bem colocados no ranking mundial, então poder competir em casa agora pode ser importante para eles e para todos nós. Vamos firmes tentar conseguir um bom resultado para o Peru neste campeonato".

INKA TEAM - Apesar da eliminação de seis dos sete peruanos que competiram na primeira fase, ainda tem onze para estrear na segunda, mais seis na terceira e os sete principais integrantes do "Inka Team" fazem parte da lista dos 32 cabeças de chave que só entram na quarta e última rodada de dezesseis baterias do Claro Open - Copa Tubos QS 3000. Entre eles, destaque para o local de Punta Hermosa, Miguel Tudela, que está em sexto lugar no WSL Qualifying Series, a melhor posição de um peruano na história do ranking de acesso para a elite dos top-34 que disputa o título mundial no World Surf League Championship Tour.

Luan Wood - Claro Open Pro Copa Tubos Luan Wood WSL / Ricardo Malaver

Miguel Tudela está escalado na quarta bateria e essa quarta fase vai começar com outro peruano estreando no Claro Open Pro - Copa Tubos QS 3000, Alonso Correa, que é o sul-americano que está mais próximo da zona de classificação para o CT, em 14.o lugar. Alonso foi vice-campeão sul-americano da WSL South America no ano passado e vai estrear junto com um brasileiro que por muitos anos fez parte da elite mundial, Heitor Alves. Outros fortes nomes do "Inka Team" que vão entrar na quarta fase são o atual campeão regional da WSL North America, Lucca Mesinas, Cristobal de Col, Tomas Tudela e Jhonny Guerrero.

O Claro Open Pro - Copa Tubos QS 3000 é a segunda etapa promovida pela WSL South America esse ano e a 17.a válida pelo circuito mundial do WSL Qualifying Series. A competição está sendo transmitida ao vivo de Punta Hermosa pelo www.worldsurfleague.com e a primeira chamada da quinta-feira será às 7h30 no Peru, 9h30 no fuso horário de Brasília.

World Surf League
Download it for free on the App store. Download it for free on Google Play.
Download
Download