O Billabong apresenta LayBack Pro na Praia Mole, começa na próxima quarta-feira com 176 surfistas de 9 países disputando o primeiro campeonato da World Surf League no Brasil, após a pandemia do Covid-19 que paralisou o Circuito Mundial de Surfe em março de 2020. As etapas do WSL Qualifying Series com status QS 3000 masculina e QS 1000 feminina, marcam o retorno de Florianópolis, que há 6 anos não sediava uma competição internacional, e da Praia Mole, depois de 11 anos. Grandes estrelas do esporte e até da seleção brasileira do CT, vão enfrentar jovens promessas na briga pelos primeiros pontos nos rankings regionais da WSL Latin America, que classificarão dez homens e cinco mulheres para o WSL Challenger Series de 2022.

Praia Mole, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. Praia Mole volta a sediar uma etapa do WSL Qualifying Series após 11 anos - WSL / Marcio David

A maioria dos 144 competidores divididos em quatro fases na categoria masculina e das 32 participantes que estrear√£o juntas na rodada inicial feminina, nunca participou de uma etapa do WSL Qualifying Series na Praia Mole. Um deles √© Yago Dora, o cabe√ßa de chave n√ļmero 1 do Billabong apresenta LayBack Pro, que come√ßou a surfar nessa praia e hoje est√° na elite do World Surf League Championship Tour. Os outros titulares da sele√ß√£o brasileira do CT que v√£o competir, s√£o o campe√£o mundial Adriano de Souza, Jadson Andre, Miguel Pupo, Caio Ibelli e Alex Ribeiro.

"Estou muito feliz por essa oportunidade de competir na Praia Mole. Vai ser meu primeiro evento profissional l√° e fazem alguns anos desde que rolou o √ļltimo desse n√≠vel aqui em Florian√≥polis, em 2016", disse Yago Dora. "A Praia Mole tem um lugar muito especial no meu cora√ß√£o. Minhas primeiras mem√≥rias de surfe s√£o na Praia Mole. Foi onde dei meus primeiros passos no esporte, ent√£o a expectativa √© muito boa e espero que d√™ boas ondas, para que o evento possa ser um grande show de surfe".

LEMOORE, CA, UNITED STATES - JUNE 20: Yago Dora of Brazil surfing in the Semifinal of the Surf Ranch Pro presented by Adobe on JUNE 20, 2021 in Lemoore, CA, United States. (Photo by Jackson Van Kerk/World Surf League) Yago Dora ganhando a terceira maior nota do CT 2021 no Surf Ranch - WSL / Jackson Van Kerk

O catarinense entrou na elite da WSL em 2018 e no CT 2021 fez sua melhor temporada, ficando em nono lugar no ranking e entre os primeiros nas listas dos recordes do ano. Yago foi o brasileiro que ganhou a maior nota nas sete etapas, 9,73 nas semifinais do Surf Ranch, que s√≥ ficou abaixo do √ļnico 10 de John John Florence e do 9,93 de Ryan Callinan, ambos conseguidos nas ondas de Margaret River. Tamb√©m na Austr√°lia, Yago registrou a segunda maior somat√≥ria das duas notas computadas, 18,67 pontos em Rottnest Island, que s√≥ n√£o superaram os 18,77 de Gabriel Medina na final da etapa de Sidney.

"Essa temporada foi muito boa, porque consegui realizar meu objetivo principal, que era finalizar nos top-10 do ranking", disse Yago Dora. "Foi um ano diferente dos outros e eu fui me sentindo mais confortável a cada etapa, conseguindo colocar o nível do meu surfe por completo em algumas baterias. Eu acho isso importante, quando você consegue mostrar tudo o que você sabe dentro dos 30 minutos de uma bateria. Agora é continuar trabalhando e buscar manter essa consistência, para seguir escalando no ranking".

CONVIDADOS - Al√©m dos seis surfistas que disputaram o CT esse ano e de ex-tops da elite, como Ian Gouveia, Alejo Muniz, Willian Cardoso, Jesse Mendes, Wiggolly Dantas, Michael Rodrigues, Raoni Monteiro e Silvana Lima, dos atletas ol√≠mpicos e das promessas da nova gera√ß√£o do surfe sul-americano, outras atra√ß√Ķes no Billabong apresenta LayBack Pro s√£o os convidados dos organizadores e patrocinadores do evento. A LayBack escolheu um dos atletas da sua equipe de competi√ß√£o, Lucas Silveira, para se juntar ao havaiano Jackson Dorian e a medalhista ol√≠mpica no skate e surfista Sky Brown, da Inglaterra.

HOSSEGOR, FRANCE - OCTOBER 23 : Lucas Silveira of Brasil during Round of 16 at the Quiksilver Pro France on October 23, 2021 in Hossegor, France. (Photo by Laurent Masurel/World Surf League) Lucas Silveira competindo no WSL Challenger Series da França - WSL / Laurent Masurel

O carioca morava em Florianópolis e agora reside em Portugal, onde nessa semana está competindo no QS 5000 das Ilhas Açores, que vai até domingo. Nesse ano, ele se filiou na WSL Europe e passou a pontuar no ranking regional europeu, classificatório para o WSL Challenger Series, o novo campo de batalha por vagas para a elite do CT. O Billabong apresenta LayBack Pro vai abrir os rankings masculino e feminino da WSL Latin America, que classificam dez homens e seis mulheres para o WSL Challenger Series de 2022.

"A Praia Mole √© o lugar onde eu mais surfo quando estou em Floripa e n√£o ia deixar de competir em um evento do meu patrocinador, a LayBack", disse Lucas Silveira, direto das Ilhas A√ßores em Portugal. "O evento vai ser incr√≠vel, com v√°rias atra√ß√Ķes como a Layback organiza muito bem. Eu sempre treinei na Praia Mole. No ano passado, da pandemia, fiz muitos surf-treinos l√°, com o Yago (Dora), Willian Cardoso, Marco Giorgi, Mateus Herdy, ent√£o acho que vai ser bem legal ter um evento da WSL l√° e ser√° o meu primeiro QS na Praia Mole tamb√©m".

Lucas Silveira come√ßou bem no WSL Challenger Series 2021, sendo o √ļnico brasileiro a chegar nas quartas de final do US Open of Surfing na Calif√≥rnia. Esse quinto lugar o colocou entre os doze que se classificam para o CT 2022, mas perdeu em sua estreia na etapa de Portugal e saiu do G-12. Na da Fran√ßa, semana retrasada, ele eliminou Yago Dora e parou em Mateus Herdy nas oitavas de final, com os dois dividindo a 17.a posi√ß√£o no ranking. Logo ap√≥s o Billabong apresenta LayBack Pro, Lucas parte para o Hava√≠, para j√° ficar treinando em Haleiwa Beach, onde em 25 de novembro come√ßa a etapa que define as doze vagas para o CT 2022.

HOSSEGOR, FRANCE - OCTOBER 22 : Yago Dora of Brazil surfing during Round of 24 of the Quilsilver Pro France on October 22, 2021 in Hossegor, France. (Photo by Damien Poullenot/World Surf League) Lucas e Yago saindo da bateria que disputaram juntos na França - WSL / Damien Poullenot

"Assim que acabar o campeonato, j√° devo viajar pro Hava√≠, pois quero chegar um pouco antes para treinar em Haleiwa", disse Lucas Silveira. "A press√£o est√° grande na cabe√ßa de todos que est√£o ali na briga pelas √ļltimas vagas para o CT. Eu n√£o penso em outra coisa no momento, ent√£o esse campeonato na Praia Mole √© at√© bom pra mudar um pouco isso. √Č importante manter tranquilidade tamb√©m e estou feliz por chegar no Hava√≠ com chances de classifica√ß√£o. Eu sempre sonhei com isso, ent√£o vou l√° fazer minha parte e seja o que Deus quiser".

ATRA√á√ēES EXTRAS - Al√©m de Lucas Silveira, a LayBack Beer, marca de cerveja criada pelo medalhista ol√≠mpico no skate, Pedro Barros, tamb√©m patrocina os surfistas Miguel Pupo do CT, Ian Gouveia, Thiago Camar√£o, a jovem promessa Laura Raupp, entre outros. O esp√≠rito LayBack nasceu em Floripa e suas vertentes - Casa Dipraia, Surf House, Basement, P√°tio, Mirante e Brewpub - se tornaram lugares de compartilhamento e viv√™ncia da cultura da marca pelo Brasil, enquanto apoia o skate, o surfe, a arte, a m√ļsica e o estilo de vida colaborativo.

Esse esp√≠rito estar√° presente nas v√°rias atra√ß√Ķes extra-competi√ß√£o programadas para todas as noites do Billabong apresenta LayBack Pro pela Ilha de Santa Catarina. Na quarta-feira (dia 10), o pico de encontro da galera √© na Casa Soulmar Floripa localizada no Bairro Rio Tavares, na quinta-feira ser√° no Layback Basement na Praia Mole, na sexta-feira no John Bull Layback Brew Pub na Lagoa da Concei√ß√£o, no s√°bado no The Search House na Barra da Lagoa e no domingo novamente no John Bull Layback Brew Pub.

Layback Pro - QS Praia Mole Cartaz divulgação do Billabong apresenta LayBack Pro na Praia Mole de Florianópolis - WSL / WSL Latin America

O LayBack Pro apresentado pela Billabong é uma realização da Federação Catarinense de Surf (FECASURF) com a Agência Esporte Arte (AEA) como co-realizadora e a licenciada pela WSL Latin America para promover uma etapa do WSL Qualifying Series, com patrocínios da Corona e GND Incorporadora e apoio da Prefeitura Municipal de Florianópolis, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, da Fundação Municipal de Esportes, do Hotel Selina Floripa e da Associação de Surf da Praia Mole (ASPM). A competição será transmitida ao vivo pelo WorldSurfLeague.com e pelo aplicativo grátis da WSL.

World Surf League
Download it for free on the App store. Download it for free on Google Play.
Download
Download